Benfica, de Jorge Jesus, aparece como possível destino de Everton Cebolinha

Não é de hoje que Everton Cebolinha vem sendo cotado na Europa. Após longas negociações com Arsenal e Napoli, chegou a vez do Benfica. De início, o Grêmio não apresenta interesse na venda, pois se trata de uma das peças mais importantes da equipe. Porém, o desejo do atacante em ir ao velho continente aparece forte como o de todas as promessas brasileiras. Visto que é apontado como uma das maiores do Brasil, chegaria a sua nova equipe brigando forte pela titularidade.

O novo projeto do clube português promete ir forte ao mercado. Como desejo do novo técnico, Jorge Jesus, a equipe mira seu binóculo direto ao Brasil, visto que seu ótimo desempenho no Flamengo pode fazer com que se repita no Benfica. Para isso, o treinador pediu nomes como Bruno Henrique, Gérson, Lucas Veríssimo e agora Everton Cebolinha. Com o fim da temporada sem nenhum objetivo alcançado, o presidente Luís Filipe Vieira deposita todas as suas fichas no atual treinador.

Com a possível contratação de Edinson Cavani sem mexer nos cofres, a compra de Cebolinha se torna muito viável. O contrato renovado em 2019 aumentou sua multa rescisória de 80 para 120 milhões de euros ( aproximadamente 715 milhões de reais na cotação atual). O número espanta qualquer equipe, porém uma negociação bem feita pode resultar na redução desse valor. Caso haja negócio, o dinheiro seria dividido entre 50% ao Grêmio, 30% a seu antigo empresário, Gilmar Veloz, 10% ao Fortaleza e 10% também para o investidor Celso Rigo.

https://twitter.com/imatemynameis1/status/1285624481038438400

SEUS NÚMEROS

Primeiramente, vale ressaltar que Everton Cebolinha vem das categorias de base do Fortaleza, e não do Grêmio como muitos pensam. Embora venha do Nordeste, não apresenta jogos por lá. Dessa maneira, teve a carreira profissional começada em 2014, acumulando 69 gols em 270 jogos por seu atual clube. Hoje é um dos principais jogadores do Brasil, sendo muito importante na seleção. O atacante conta com uma enorme participação no título da Copa América conquistada em 2019. Pela camisa amarela, são 14 jogos e três gols. O treinador, Tite, garante o atleta em todas as suas convocações.

Foto Destaque: Reprodução/SiteOficial/GrêmioFBPA

Lucas Martinez

Artigos Relacionados