Beccacece analisa vitória diante do Platense: "jogo muito disputado, muito trabalho"

A saber, o Defensa y Justicia foi a campo no último sábado (23), pela 18ª rodada do Campeonato Argentino, diante do Platense. Assim, o Defe venceu por 2 x 1 em jogo truncado, quando plantel conseguiu a vitória aos 41′ do 2º tempo. Contudo, após o 8º jogo sem perder, Beccacece falou sobre o desempenho do grupo na partida e sobre as alterações que surtiram efeito:

O Tripichio passou a jogar no centro porque falta o Adonis Frías e nisso o Nico é um jogador com muita dedicação. Franco estava jogando muito bem antes da lesão e decidimos dar-lhe continuidade e uma chance. O Hachen saiu por uma questão tática, como no Paraná, e por isso o Raúl entrou, para ter um pouco mais de recuperação e disputa da segunda bola. E para Unsain não tenho nada além de gratidão, porque ele encontrou regularidade e teve duas capas principais. De um modo geral contentes com a entrega, de todo o jogo, mas sobretudo pelo desempenho da segunda parte, que conseguimos ajustar no tempo e dar outra alegria às pessoas”, disse o treinador.

Ainda assim, o técnico falou a respeito da atuação e da boa sequência de Miguel Merentiel, que foi autor do primeiro gol na partida:

 “Dou-lhe muito valor, principalmente pela forma como entrega. Hoje ele fez uma roupa de bárbaro. No primeiro tempo ele se mexeu muito e mais do que o necessário, mas no segundo tempo, quando leu onde deveria estar, gerou cinco ou seis situações claras. Ele é um grande personagem definidor, e ele é um grande garoto, então fico feliz que ele tenha esse reconhecimento das pessoas e este momento, que ele trabalhou tanto”, declarou.

Sebastián Beccacece fala sobre jogos invictos

Do mesmo modo, o treinador falou sobre os oitos jogos invictos da equipe e o trabalho que vem sendo feito no plantel:

 “É muito valioso. Viemos de quatro vitórias e um empate e isso é bom, porque nos nutre e nos alimenta. Poder comemorar em casa e se fortalecer como local é muito importante. Estamos retomando aquela linha do que fizemos na etapa anterior, que quando chega um rival, tem que trabalhar para nós”

 “Não relaxamos na vitória, continuamos procurando, continuamos crescendo. Estamos consolidando uma ideia, com muitas adversidades pelo meio, e estamos felizes no dia a dia pelo nosso trabalho, como os jogadores estão crescendo e como estamos vencendo as adversidades que se apresentam”, concluiu Sebastián Beccacece.

Em suma, o Defensa y Justicia retorna aos gramados na sexta-feira (29), às 19h (horário de Brasília), diante do Racing.

Foto destaque: Divulgação/Defensa y Justicia

Francisco Diogo
Apaixonado por futebol desde 1999, encontrei no jornalismo esportivo a realização de um sonho, que é trabalhar, viver e respira futebol.