Nesta quinta-feira (11), o Bayern de Munique se sagrou campeão do Mundial de Clubes 2020, após vencer o Tigres-MEX, pelo placar de 1 x 0. Dessa forma, o clube da Baviera conquistou o sexto título na temporada, igualando o Barcelona 08/09 de Pep Guardiola. Além disso, Robert Lewandovski foi eleito o melhor jogador do torneio. Por fim, a final ocorreu no Estádio Cidade da Educação, em Doha, no Catar.

1º TEMPO

A princípio, a partida começou bem agitada, logo aos 24″, Gignac tentou finalizar, mas a bola desviou em Süle e foi para fora. Contudo, os alemães passaram a dominar a partida. Assim, aos 18′, Kimmich bateu seco de fora da área, a bola encontrou as redes, mas o VAR anulou o gol pelo fato de Lewandovski ter participado do lance. Em seguida, os campeões europeus continuaram a pressionar em busca do gol.

Dessa maneira, aos 25′, Kingsley Coman, herói da Champions, driblou Rodriguez, cortou para dentro e bateu forte para a defesa de Guzmán. Em suma, o time de Munique ainda levou muito perigo, quase abrindo o placar aos 34′. Na ocasião, Gnabry bateu o escanteio rápido, aproveitando a desatenção dos mexicanos, para Leroy Sané, que bateu de primeira na trave.

2º  TEMPO

Antes de mais nada, o Bayern voltou com a mesma pegada, ditando o ritmo do jogo. Nesse sentido, aos 3′, Gnabry disparou, achou espaço e cruzou para Sané, que cabeceou por cima do gol. Novamente, o camisa 7 apareceu, desta vez em chute colocado aos 6′. Todavia, aos 14′, Kimmich cruzou na área, Lewandowski e Guzmán dividiram a bola, que sobrou para Pavard mandar para a rede. Após a checagem do VAR, o gol foi validado, gerando polêmica.

Seja como for, com a vantagem no placar, os alemães diminuíram a intensidade, mas ainda continuaram a ter as melhores chances para liquidar a fatura. Por exemplo, aos 36′, após uma bobeada de Rafael Carioca, substituto Tolisso aproveitou a sobra, chutou rasteiro e encontrou a trave. Ademais, aos 40′, Douglas Costa, que havia entrado no jogo, cortou para a canhota e mandou um canhão que parou em Guzmán.

BAYERN DE MUNIQUE  x TIGRES – E AGORA?

Com a vitória, o time da Baviera se sagrou campeão mundial pela quarta vez em sua história. Além disso, o polonês Robert Lewandowski foi eleito o melhor jogador do torneio. Por outro lado, o Tigres fez história como o primeiro time da CONCACAF, que disputou uma final de Mundial de Clubes. Aliás, o francês André-Pierre Gignac recebeu a bola de prata do torneio. Por último, Joshua Kimmich completou o pódio com a bola de bronze.

MELHORES MOMENTOS – BAYERN DE MUNIQUE X TIGRES

Foto destaque: Reprodução/FC Bayern/Twitter

Arthur Brunello
Arthur Brunello
Bacharel em Direito, apaixonado por futebol e cinema. Creio no poder de transformação do esporte, da informação e da cultura.