Barcelona Griezmann

O Barcelona desistiu de negociar Griezmann junto ao Atlético de Madrid. Segundo o Mundo Desportivo, a situação financeira das equipes está impedindo a realização da troca. Dessa forma, o atleta deve continuar no Barça na próxima temporada.

O desfecho da negociação entre as equipes

Em resumo, no mês de julho, alguns jornais da Espanha noticiaram que o Barcelona e Atlético de Madrid estariam realizando uma troca entre Griezmann e Saúl. Entretanto, ambas as partes não fizeram um acordo, e assim, Griezmann deve permanecer no Barça para a temporada 2021/22.

O Mundo Desportivo disse que o Atlético não queria pagar o salário inteiro do francês. Todavia, o Barcelona não aceitou o acordo. Além disso, os Colchoneros entendem que o elenco não precisa de um atacante. Por outro lado, Saúl não deve permanecer na cidade de Madrid. Então, pode ser negociado junto ao clube que disputa a Premier League.

O Barcelona também teve dificuldades para negociar com o meio-campista. Afinal, Saúl não quer reduzir o salário. O jogador gosta da ideia de jogar no Barcelona, mas quer continuar recebendo o que ganha no Atlético de Madrid.

Planos do Barcelona para Griezmann

Griezmann fez uma boa temporada 2020/21. Foram 51 jogos, balançou as redes em 20 oportunidades e deu 13 assistências. Ou seja, participou diretamente de 33 gols na época. Além disso, o atleta mostrou-se entrosado com Lionel Messi. Isso ajudou o Barcelona durante os jogos.

Em contrapartida, o francês possui um alto salário. Dessa forma, Laporta pode fazer uma reunião com o jogador para acertar um novo contrato. Assim, diminuir o valor que Griezmann recebe por mês.

Atualmente, o jogador está de férias. Griezmann jogou a UEFA Eurocopa 2020 com a Seleção da França. O francês deve se reapresentar na terça-feira (20), para realizar os exames médicos e começar a preparação para a próxima época. Por fim, o atacante deve jogar apenas o último jogo da pré-temporada, que será diante do Stuttgart (31).

Foto destaque: Divulgação/ FC Barcelona

Caio Henrique de Oliveira
Eu escolhi jornalismo simplesmente por amar futebol. Desde 2016 eu tenho essa vontade de ser jornalista e trabalhar com esse esporte. Eu já trabalhei durante três anos em uma rádio aqui da minha cidade, lá eu fazia um programa de música e também um programa esportivo. Meu objetivo é trabalhar fora, possivelmente na Europa falando sobre o futebol europeu. Minha personalidade é de estar de bom humor na maioria do tempo.