Barbieri critica arbitragem no duelo contra o Atlético-MG

Na noite desta quarta-feira (11), RB Bragantino recebeu a equipe do Atlético-MG, no Nabizão, em Bragança Paulista. A saber, essa partida foi válida sétima rodada do Brasileirão. Assim, o duelo acabou empatado em 1 x 1, Ytalo marcou para a equipe comandada pelo técnico Maurício Barbieri e Nacho deixou tudo igual para o time de Turco.

Porém, depois que a bola parou de rolar, Barbieri criticou, e muito, a arbitragem. A saber, na partida houve a expulsão do zagueiro e capitão Léo Ortiz.

“O Léo se excedeu na cobrança. A gente vai conversar com calma. Agora eu preciso saber quem é que dá cartão para o juiz. Porque ele faz o que quer, falta com educação, destrata as pessoas. Numa falta que o Ramires sofreu, ele deu um soco na bola. O Arana deu um tapa na cara do Jan Hurtado. E aí tem VAR e ninguém vê. Eu tomei cartão quando o Artur foi para cima aqui, um lance que poderia ser pênalti. Eu falei para o bandeira: ‘tem que checar’. O árbitro mandou bater a falta sem nem esperar checar. E se tivesse sido pênalti? Aí pelo protocolo ele não poderia voltar atrás. E quem é que dá cartão para o árbitro?”

“Porque esse aí [o árbitro] não é a primeira vez que acontece isso. A CBF tem um quadro de ótimos árbitros. Consigo citar um monte, mas esse que veio hoje aí… tanto é que ninguém sai satisfeito. E não é só na questão disciplinar, é na questão do respeito, educação, de tratar as pessoas com decência. Que foi o que não aconteceu.”

 

Enzo Pires
Tenho o sonho de trabalhar com o que eu mais amo, que é o FUTEBOL. Amante desse esporte desde criança, queria ser jogador, mas como não deu certo, agora eu busco trabalho com isso, só que fora de campo.

Deixe um comentário