Avançando a cada dia, SAF do Bahia está perto de acontecer

Três meses e meio. Este é o tempo de duração que o Bahia conversa arduamente com o seu possível dono, provavelmente o City Football Group. O mandatário tricolor, Guilherme Bellintani, falou sobre como estão essas conversas depois da vitória por 2 x 1 contra a Ponte Preta, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro. Contou que infelizmente as coisas não estão saindo no tempo que ele (o presidente), nem a torcida queriam. Mas, revelou que casa dia que passa tem um avanço significativo.

Conversas ainda seguem acontecendo

“A conversa segue acontecendo. Em outros momentos a gente chegou a dar prazos, falando que estava muito perto de acontecer. Agora, pela profundidade do processo que precisa acontecer, a gente tem preferido não dar prazos, mas o que eu posso dizer é que cada dia temos pequenos avanços, trabalhando bastante, tem muita gente envolvida no processo, com alta qualidade e muita preocupação no que está sendo feito, pessoas do mais alto gabarito envolvidas nesse tema”, contou.

Sem rapidez, mas progredindo

“Não é na velocidade que eu queria, não é na velocidade que o torcedor queria, mas é na velocidade necessária para uma decisão de tamanha responsabilidade que é essa. É uma decisão permanente, eterna para o clube, que dificilmente terá volta e por isso precisa ser bem trabalhada e estamos fazendo isso”, disse.

CFG em Salvador

Representantes do Grupo City, que estiveram em Salvador, trataram de conversar mais um pouco sobre este tema. Ainda não se fala de valores por parte do esquadrão, mas a negociação gira em torno de R$ 650 milhões por 90% das ações do Bahia. Antes de tudo, é sempre bom lembrar que após a entrega da proposta oficial ao conselho deliberativo, haverá votação entre os mesmos e depois disso entre os sócios, em uma Assembléia Geral Extraordinária (AGE).

 

Foto Destaque: Podock Magazine 

Caio Santos
Jornalista Esportivo, 23 anos, apaixonado por esportes. Na minha carreira, almejo ser comentarista de futebol e o meu maior sonho é cobrir uma Copa do Mundo.