Nessa quinta-feira (20/07) ás 21h, na Arena da Baixada em Curitiba-PR, o Atlético-PR encara o Botafogo, partida válida pela 15ª rodada do Brasileirão.

O Atlético-PR que vem do empate com sabor de vitória contra o Corinthians, líder disparado do Brasileirão tem nesta quinta-feira, a tarefa de vencer a partida para sair da zona de rebaixamento.

Na partida de hoje o técnico Fabiano Soares estreia no banco de reservas do Atlético-PR. Na última terça-feira, o treinador teve seu contrato publicado no BID da Confederação Brasileira de Futebol e poderá comandar a equipe atleticana à beira do gramado. “Estou muito feliz em ficar no banco. Não poder mandar informações quando a equipe precisa é ruim. Agora poderei dar algumas instruções e corrigir os erros em algum momento do jogo”, disse Fabiano.

O Botafogo subiu para a sexta posição após uma vitória suada contra o Sport na última segunda-feira quer brigar pela terceira vitória consecutiva para continuar na zona de classificação da Libertadores da próxima temporada. Com 22 pontos, o time está a quatro jogos sem perder, enquanto o Atlético-PR está a quatro sem ganhar, com apenas 16.Atualmente o time alvinegro tem dificuldade para vencer os curitibanos, sua última vitória na arena da baixada, foi em 2008.

É um jogo difícil. Jogar lá sempre é complicado. Enfrentei eles lá uma vez e fizemos um jogo muito bom, apesar da derrota (1 a 0). Foi um dos nossos melhores jogos. Não é desculpa, mas é sempre uma situação diferente jogar naquela grama sintética. Vamos para pontuar, estamos em um bom momento, respeitando o Atlético-PR, mas vamos buscar a vitória – afirma Jair Ventura.

Histórico dos confrontos entre Atlético-PR e Botafogo

O Furacão ganhou 19 das 36 partidas que realizou contra o Botafogo pelo Brasileirão entre 1971 e 2016. Os sucessos alvinegros foram 12 e os empates apenas cinco.

FICHA TÈCNICA

ATLÉTICO-PR: WEVERTON; JONATHAN, THIAGO HELENO, PAULO ANDRÉ, SIDCLEY; OTÁVIO, EDUARDO HENRIQUE, LUCHO; NIKÃO (CASCARDO), DOUGLAS COUTINHO (EDUARDO DA SILVA), PABLO

Nessa quinta-feira (20/07) ás 21h, na Arena da Baixada em Curitiba-PR, o Atlético-PR encara o Botafogo, partida válida pela 15ª rodada do Brasileirão.

O Atlético-PR que vem do empate com sabor de vitória contra o Corinthians, líder disparado do Brasileirão tem nesta quinta-feira, a tarefa de vencer a partida para sair da zona de rebaixamento.

Na partida de hoje o técnico Fabiano Soares estreia no banco de reservas do Atlético-PR. Na última terça-feira, o treinador teve seu contrato publicado no BID da Confederação Brasileira de Futebol e poderá comandar a equipe atleticana à beira do gramado. “Estou muito feliz em ficar no banco. Não poder mandar informações quando a equipe precisa é ruim. Agora poderei dar algumas instruções e corrigir os erros em algum momento do jogo”, disse Fabiano.

O Botafogo subiu para a sexta posição após uma vitória suada contra o Sport na última segunda-feira quer brigar pela terceira vitória consecutiva para continuar na zona de classificação da Libertadores da próxima temporada. Com 22 pontos, o time está a quatro jogos sem perder, enquanto o Atlético-PR está a quatro sem ganhar, com apenas 16.Atualmente o time alvinegro tem dificuldade para vencer os curitibanos, sua última vitória na arena da baixada, foi em 2008.

É um jogo difícil. Jogar lá sempre é complicado. Enfrentei eles lá uma vez e fizemos um jogo muito bom, apesar da derrota (1 a 0). Foi um dos nossos melhores jogos. Não é desculpa, mas é sempre uma situação diferente jogar naquela grama sintética. Vamos para pontuar, estamos em um bom momento, respeitando o Atlético-PR, mas vamos buscar a vitória – afirma Jair Ventura.

Histórico dos confrontos entre Atlético-PR e Botafogo

O Furacão ganhou 19 das 36 partidas que realizou contra o Botafogo pelo Brasileirão entre 1971 e 2016. Os sucessos alvinegros foram 12 e os empates apenas cinco.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-PR: WEVERTON; JONATHAN, THIAGO HELENO, PAULO ANDRÉ, SIDCLEY; OTÁVIO, EDUARDO HENRIQUE, LUCHO; NIKÃO (CASCARDO), DOUGLAS COUTINHO (EDUARDO DA SILVA), PABLO

BOTAFOGO: JEFFERSON, LUIS RICARDO, JOEL CARLI, IGOR RABELLO, VICTOR LUIS; RODRIGO LINDOSO, MATHEUS FERNANDES, JOÃO PAULO, MARCOS VINICIUS (BRUNO SILVA); RODRIGO PIMPÃO (GUILHERME), ROGER.

ÁRBITRO: ANDERSON DARONCO (RS), RAFAEL DA SILVA ALVES (RS) E ELIO NEPOMUCENO DE ANDRADE JUNIOR (RS).

: JEFFERSON, LUIS RICARDO, JOEL CARLI, IGOR RABELLO, VICTOR LUIS; RODRIGO LINDOSO, MATHEUS FERNANDES, JOÃO PAULO, MARCOS VINICIUS (BRUNO SILVA); RODRIGO PIMPÃO (GUILHERME), ROGER.

ÁRBITRO: ANDERSON DARONCO (RS), RAFAEL DA SILVA ALVES (RS) E ELIO NEPOMUCENO DE ANDRADE JUNIOR (RS).

Luana Oliveira
Luana Oliveira
Sou Luana de Oliveira, tenho 33,anos apaixonada por esportes,graduada em Recursos Humanos e estudante de Jornalismo na Uninove.

Artigos Relacionados