Defendendo a vice-liderança do Campeonato Brasileiro da Série A. O Atlético-MG recebe o CSA que vem motivado na competição, neste domingo (2). A partida é válida pela 7ª rodada do nacional. Será disputada na Arena Independência, em Belo Horizonte. O pontapé inicial foi marcado para 19h (horário de Brasília).

ATLÉTICO-MG

O Galo voltou a mostrar a importância técnica de atuar no estádio Independência na terça-feira (28). Assim, mesmo sem fazer uma grande exibição. Contudo, foi derrotado pelo Grêmio por 1 x 0, em Porto Alegre. Nos últimos 10 jogos em casa o Atlético‑MG registra seis vitórias, dois empates e duas derrotas, anotando 17 gols (média de 1,7) e sofrendo nove (0,9).

Provável escalação: Victor; Patric, Léo Silva, Igor Rabello e Fábio Santos; Zé Welison; Geuvânio, Elias, Luan e Chará; Alerrandro (Ricardo Oliveira). Técnico: Rodrigo Santana.

CSA

O clube alagoano está na outra ponta da tabela de classificação do Brasileirão. Com seis pontos (uma vitória, três empates e duas derrotas), ocupa o 17º lugar abrindo a zona de rebaixamento. Contudo, conseguiu sua primeira vitória no torneio na rodada passada por 1 x 0 diante do Goiás, em casa. Além disso, o meio-campista Jonatan Gómez, que foi emprestado pelo São Paulo, depende da regularização de sua documentação para ser relacionado. Assim, basta seu nome aparecer no BID da CBF. Nas últimas 10 partidas disputadas fora em todas as competições, o CSA ganhou três, empatou quatro e perdeu três, anotou 11 gols (1,1) e sofreu 14 (1,4).

Provável escalação: Jordi; Apodi, Gerson, Luciano Castán e Carlinhos; Naldo, Dawhan, Didira e Matheus Sávio; Maranhão (Madson) e Patrick Fabiano. Técnico: Marcelo Cabo.

RETROSPECTO

As equipes se enfrentaram em cinco oportunidades. Deste modo, o Galo possui quatro vitórias e um empate.

APOSTA INDICADA

O Atlético-MG é forte jogando em casa, além de ser um time muito ofensivo. Dessa maneira, deve vencer o confronto sem grandes dificuldades. Um placar com média de gols maior de 2.5 é bem provável.

Odds: 1 (1.40) | X (4.60) | 2 (8.70)

Avatar
Alexsander Vieira
Quando pequeno, pensava em trabalhar com o futebol, como jogador. Por situações não harmoniosas esse sonho se dissolveu, porém achei outra maneira de continuar no esporte. Foi com as mãos que decidi trabalhar, informar minha nação com os melhores acontecimentos, e sempre ter credibilidade no que passo à frente. Obs: 3 x 0 não é goleada.
http://www.radioprado.com.br

Artigos Relacionados