Nesta quarta-feira (30), o Atlético Mg recebe a Chapecoense no Independência. O jogo é válido pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. Aliás, o time que vencer terá um último suspiro dentro da competição, de acordo com suas ambições, claro. Primeiramente, os mineiros precisam da vitória para se estabilizar na luta pela Libertadores 2020. Enquanto isso, a Chapecoense, se perder, estará concretizando sua derrocada para a Série B do Brasileirão.

Atlético Mg

Oscilação. Essa é a palavra que define as três semanas de trabalho de Vagner Mancini a frente do Atlético Mineiro. Afinal, a equipe fez um ótimo jogo contra o Santos, em casa, vencendo por 2 x 0. Porém, no duelo contra outro paulista, desta vez o São Paulo, o time jogou mal e não viu a cor da bola no Morumbi. Para o duelo de amanhã, Vagner terá o retorno de Chará e Cazares para a partida.

Chapecoense

Nossa querida Chapê está indo de ladeira a baixo no Brasileirão. Ainda que tenha empatado seus últimos dois jogos contra Goiás e Fluminense, ela está a oito ponto atrás do 18° colocado da tabela. Sua permanência na série A, matematicamente, é de 1%. Mas, não da pra desistir. No duelo contra os mineiros, o Verdão tem a esperança de voltar a vencer fora de casa, e contará com a volta de Dalberto e Augusto.

Retrospecto

As equipes já se enfrentaram 15 vezes, são seis vitórias mineiras, cinco empates e quatro vitórias catarinenses. A maior vitória foi do Atlético, por 6 x 0 no Independência. A média de gol do Galo é de 2,22 por partida, enquanto o Verdão marca 0,94.

Aposta indicada

São vários fatores que faz do Atlético Mineiro o favorito para o duelo. O mando do jogo, os momentos das equipes, suas posições no campeonato, fora a qualidade técnica dos jogadores. Além disso, se o time mineiro quer uma vaga para a Libertadores do próximo ano, não pode perder esses três pontos. A aposta indicada é de vitória por 2 x 0 do time da casa.

Odds: 1 (9,00)

Giovanna Matiello
Meu nome é Giovanna Matiello, tenho 19 anos e sou estudante de jornalismo na UNIP. Sou apaixonada por esportes por causa da minha família, meu pai é fanático por futebol, minha tia é ex jogadora profissional de futsal e meu tio é vidrado no vôlei e é professor de educação física. Fica óbvia minha relação com o esporte. A NBA e a NFL entraram na minha vida por admiração à organização americana. Sonho em ser jornalista esportiva porque acredito que o esporte é um caminho de educação e, porque culturalmente falando, talvez seja uma das poucas tradições que uni verdadeiramente o povo brasileiro.
http://redacao%20fnv

Artigos Relacionados