Bomba: Atlético-MG negocia uma das estrelas do time com equipe dos EUA

 

O Atlético-MG não levou Savarino para o confronto da Libertadores contra o Independente Del Valle no Equador e a justificativa não convenceu. Segundo o clube, a não utilização do atleta é pelo vencimento do visto do jogador. Para entrada de venezuelanos no Equador, devido ao “fluxo humanitário” desde 2019, é necessária a regularização do documento, assim, um visto especial.

+ Veja como foi o empate do Atlético-MG no Equador

Acontece que Jefferson Savarino está próximo de ser repatriado pelo Real Salt Lake, dos Estados Unidos. Devido à concorrência alta com atletas como Ademir e com a iminente chegada de Pavón, haveria uma preocupação do Galo e de Savarino em não desvalorizar. O medo de perder espaço seria proporcional a quede de valor do mercado, o que incomoda muito o atacante.

O Futebol na Veia apurou que já existe uma oferta de repatriação do RSL pelo vezuelano, na casa de R$ 14,63 milhões (3 milhões de dólares) por 40% dos direitos. O Atlético-MG, contudo, manteria ainda 20%.

Savarino chegou à Belo Horizonte em fevereiro de 2020, indicado por Rafael Dudamel. Na época, foi adquirido em 60%, por cerca de R$ 8,62 milhões (2 milhões de dólares) junto ao time norte-americano da MLS. Ou seja, haveria um lucro atleticano na casa de R$ 6 milhões.

Savarino no Atlético-MG

Quando chegou, Savarino tinha bons números com o Real Salt Lake. Sendo assim, foram 22 gols e 21 assistências em 82 jogos – participação direta em gols de 52,43% na MLS. Como resultado, com a camisa alvinegra, são 99 jogos, 63 vitórias, 21 empates, 15 derrotas, 21 gols e 19 assistências. Além disso, conquistou três Estaduais, um Campeonato Brasileiro (2021), uma Copa do Brasil (2021) e, por fim, uma Supercopa do Brasil (2022).

Em 2022, no entanto, foram 16 atuações com quatro gols e duas assistências. Recentemente, nas duas últimas partidas, fez dois gols contra o Coritiba e deu uma assistência para Sasha contra o Brasiliense. 

Foto destaque: Divulgação / Pedro Souza / Atlético-MG

André Merice
A sensação de poder transmitir uma sentimento à cada leitor é o que me move. Ainda assim, sou somente mais louco apaixonado por futebol, que fez da escrita e do esporte a sua vida!