Mohamed critica calendário brasileiro: “não tenho tempo para treinar, é um desafio aqui no Brasil”

Na noite da última terça-feira (3), o Atlético-MG entrou em campo diante o América-MG pela 4º rodada da fase de grupos da Copa Libertadores. Após uma sequencia de empates, o time mineiro venceu sua segunda partida nessa Libertadores, e dessa maneira, encaminhou a vaga para a próxima fase do torneio.

Após o jogo, o treinador argentino, Antonio Mohamed, comentou sobre o calendário apertado e, nesse sentido, do pouco tempo para treinamentos no Brasil.

“Não tenho tempo para treinar, é um desafio aqui no Brasil. O calendário é pesado. Ainda assim, aos poucos vamos melhorando. A pressão é natural por sermos uma das melhores equipes do país. Perdemos só um jogo em 25 jogos, isso é importante”, afirmou.

Além disso, o treinador seguiu falando da vitória importante no clássico, valorizando a recuperação da equipe.

“Necessitamos melhorar a contundência e garantir a vitória quando tivermos oportunidades. Isso já está claro para todos os jogadores e vamos melhorar. Também vamos buscar controlar as partidas para termos tranquilidade”, finalizou.

Por fim, o Atlético-MG se prepara para o Brasileirão. No sábado (7), a equipe de ‘El Turco' enfrenta o mesmo América-MG, às 16h30 (horário de Brasília). O jogo, por sua vez, também será no Independência, mas desta vez com mando alvinegro.

+ Jogo do Galo hoje ao vivo: onde assistir?

Foto destaque: Divulgação / Pedro Souza / Atlético-MG

André Merice
A sensação de poder transmitir uma sentimento à cada leitor é o que me move. Ainda assim, sou somente mais louco apaixonado por futebol, que fez da escrita e do esporte a sua vida!