Metalist exerce opção de compra de Maílton, lateral emprestado pelo Atlético-MG

Com o andamento da guerra entre Rússia e a Ucrânia, mais um jogador brasileiro terá seu destino mudado nos próximos dias. Se trata do lateral-direito Maílton, que pertence ao Atlético-MG e está emprestado ao Metalist, da Ucrânia, desde 2020.

O empréstimo do jogador ao time ucraniano é até julho desse ano. No entanto, ao final do período, Maílton ficará em definitivo no clube europeu, já que o time decidiu por exercer a opção de compra do lateral.

+ Jogo do Galo hoje ao vivo: onde assistir?

O jogador não atua desde a eclosão do conflito armado. Conseguiu retornar ao Brasil e, nesse sentido, tratou de lesão no próprio Atlético-MG. O Metalist, segundo informações do GE, já comunicou o Atlético para exercer a opção de compra do atleta. Os valores não foram revelados. A reportagem, entretanto, apurou que serão 750 mil dólares (R$ 3,5 milhões) aos cofres alvinegros.

O staff de Maílton, no entanto, segue de olho na guerra da Ucrânia para tentar traçar o cenário. O planejamento é “sentir” como estará a situação do país no próximo mês, para ir em busca de uma saída por empréstimo até o fim do ano, ou uma temporada completa.

A princípio, o defensor chegou ao Galo em janeiro de 2020 por valores próximos de R$ 1,4 milhões, junto ao Mirassol (50% dos direitos). Por fim, seguiu em empréstimo no mesmo ano ao clube europeu, já que o jogador não era uma das opções de Jorge Sampaoli, treinador do alvinegro mineiro naquela época.

Foto destaque: Reprodução / Metalist

André Merice
A sensação de poder transmitir uma sentimento à cada leitor é o que me move. Ainda assim, sou somente mais louco apaixonado por futebol, que fez da escrita e do esporte a sua vida!