Atlético-MG deveria ir atrás de um treinador brasileiro?

O Atlético-MG segue em busca de um novo treinador. Mesmo com a desistência por Jorge Jesus e os entraves com Carlos Carvalhal, o Galo ainda tem por objetivo contratar um estrangeiro. A ideia, por sua vez, não está sendo muito aceita nos últimos dias. Para Felippe Facincani, comentarista dos canais Disney, clube mineiro ‘surfou na onda' e perdeu tempo indo atrás dos dois europeus.

Durante o programa F90 desta sexta-feira (7), Facincani afirmou, a princípio, que o Atlético-MG perdeu tempo indo atrás de Carlos Carvalhal, treinador português do SC Braga.

O nome do Carlos Carvalhal, com todo respeito, é muito mais surfar na onda do marketing porque uma vez foi elogiado por Jorge Jesus do que um cara tem interesse em trabalhar no Brasil. Porque se tivesse interesse teria vindo. Uma hora faz culpa da família, depois é a multa rescisória. Vamos com calma. O trabalho que ele faz no Braga é normal. Já disse que não quer sair, o presidente não quer liberar, então não sei porque tem tanta gente quer ficar especulando o nome dele aqui no Brasil”

O comentarista ainda aconselhou a equipe mineira a voltar suas atenções ao mercado sul-americano, e disse que Eduardo Berizzo, nome especulado no Galo, não fez bons trabalhos na carreira.

“O Atlético-MG tem que olhar para nomes do futebol da América do Sul ou para técnicos português que não tenham comissão fixa. Muitos tem uma comissão fixa e vão esbarrar nesse tipo de condição. Aqui na América do Sul, os técnicos argentinos trabalham com poucos nomes na comissão. Especular o nome no Eduardo Berizzo agora pode ser uma opção. Fez um bom trabalho no Celta de Vigo, mas depois não fez bons trabalhos”

O nome da vez no Atlético-MG

As negociações entre Carlos Carvalhal e Atlético-MG esfriaram. A tendência é que o lusitano permanece em Portugal. Com isso, a diretoria mineira monitora a situação de Vitor Pereira, ex-Porto e atualmente sem clube. As especulações podem se transformar em negociação nas próximas horas. Por fim, outro treinador que teve seu nome ventilado em Belo Horizonte foi Frank Rijkaard, mas logo foi descartado pelo clube que procura alguém com mais bagagem.

Foto destaque: Reprodução/ SC Braga

André Merice
Sou somente mais um louco apaixonado por futebol!