Diretor de futebol do Atlético-MG fala sobre a venda de Savarino

 

Na noite da última quinta-feira (28), o diretor de futebol do Atlético-MG, Rodrigo Caetano, participou do evento de lançamento do livro do atacante Hulk sobre o ano mágico de 2021, marcado pelo triplete alvinegro.

Durante a celebração, o executivo do Atlético-MG falou sobre alguns assuntos, dentre eles, a transferência de Jefferson Savarino ao Real Salt Lake, dos Estados Unidos.

“Se a venda se concretizar, óbvio que se aproxima muito. E, obviamente, trás uma certa tranquilidade, para uma das metas do departamento de futebol. Claro que o objetivo de um clube de futebol, não é gerar superávit, mas sim, ter conquistas. Só que existe uma necessidade. Não é segredo para ninguém que o Galo atravessa muita dificuldade, e eu venho repetindo isso desde o ano passado. Penso até que a gente conquistou coisas importantes, num período de travessias, que é o que nós vivemos. Espero que 2023 nos traga uma capacidade de arrecadação muito maior, com a inauguração da Arena MRV. Mas, hoje, realmente, esse número a ser batido é quase que uma necessidade urgente. E se conseguirmos isso, será em apenas quatro meses. Então, isso de certa forma, em tese, nos dá uma tranquilidade para a janela do meio do ano”, afirmou.

Por fim, Rodrigo Caetano comentou sobre ter conseguido manter a base campeã do ano passado e, além disso, projetou o futuro alvinegro.

“Enfim, infelizmente, ou felizmente, você tem que tomar decisão baseada na proposta que você tem. Não na que você deseja, que você sonha. E, apesar de tudo isso, a gente conseguiu manter a base quase total da equipe”, finalizou.

Foto destaque: Reprodução / Twitter

André Merice
A sensação de poder transmitir uma sentimento à cada leitor é o que me move. Ainda assim, sou somente mais louco apaixonado por futebol, que fez da escrita e do esporte a sua vida!