“Tem oportunidade, tem que matar”, diz Arana sobre empate do Atlético-MG com Goiás

 

O lateral-esquerdo Guilherme Arana, lamentou as chances perdidas pelo Atlético-MG no empate por 2 x 2 com o Goiás, no último sábado (30), no Estádio da Serrinha, em Goiânia, pela 4ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.

O que mais você pode conferir neste post: [Ocultar]

Na avaliação do camisa 13, o Atlético-MG teve muitas chances claras de gol para ‘matar’ a partida quando ainda estava em vantagem no placar, mas não aproveitou.

“A gente tem que ajustar isso mesmo. Tem oportunidade, tem que matar. Eu falo sempre que, se a gente não tomar gol, a gente fica mais perto da vitória, porque o time cria muito. Infelizmente não matamos o jogo”, disse.

O Galo abriu o placar aos 38 minutos do 1º tempo, com Hulk. O atacante recebeu passe de Nacho, ajeitou e bateu colocado no canto direito do goleiro Tadeu. O Esmeraldino empatou aos sete minutos da 2ª etapa. Em jogada de contra-ataque pela direita, Elvis cruzou na medida para Apodi balançar as redes.

Após o gol marcado, o Atlético desperdiçou algumas boas chances de ampliar com Vargas e o zagueiro Nathan Silva, que parou na trave. Além disso, Ademir também acertou o poste.

O Goiás, no entanto, conseguiu deixar tudo igual aos 35. Em mais um lance livre dentro da área, Apodi finalizou para o gol e a bola explodiu no braço de Arana. O árbitro consultou o VAR e, como resultado, assinalou a penalidade. Na cobrança, Elvis converteu.

Foto destaque: Divulgação / Pedro Souza / Atlético-MG

André Merice
A sensação de poder transmitir uma sentimento à cada leitor é o que me move. Ainda assim, sou somente mais louco apaixonado por futebol, que fez da escrita e do esporte a sua vida!