Atlético Goianiense levanta a taça pela 14ª vez e quebra tradição

- Após uma série de derrotas, diretoria do Goiás se viu obrigada a demitir Maurício Barbieri e tenta não ser rebaixado
Atlético Goianiense levanta a taça pela 14ª vez e quebra tradição

O jogo de volta da final do Campeonato Goiano aconteceu neste domingo (21), no Estádio Olímpico. Goiás e Atlético-GO se enfrentaram na disputa pela taça do estadual. Com três gols de saldo no placar agregado, o Dragão precisava marcar apenas um gol para levar a taça para casa. Enquanto isso, o Goiás tinha que balançar pelo menos quatro vezes as redes do adversário para obter a vitória e ser declarado campeão.

1° TEMPO

O Goiás entrou em campo investindo em jogadas ofensivas. Logo aos dois minutos, Michael executou uma boa jogada pelo meio do campo e deu abertura para Giovanni Augusto, que cruzou por cima da marcação. Um minuto depois, Léo Sena chutou por fora da área e bateu pelo lado direito de Kozlinski. Aos nove minutos, Gilsinho recebeu passe da ponta esquerda e cruzou, Yago tentou tirar do caminho do adversário e quase fez gol contra. Léo Sena tentou novamente outro lance de perigo aos 16′, mas dessa vez foi um chute rasteiro que obrigou o camisa 1 a fazer mais uma defesa. Passados os 24′, o Verdão conseguiu mais posse de bola, mas continuou com grandes dificuldades de entrar na área do Dragão e abrir placar. Ainda com passos tímidos, o Atlético-GO fez sua tentativa de ataque: Matheus tocou para Pedro Raul, mas ele não conseguiu dominar a bola.

O Goiás continuou a investir em ataques surpresas. Desta vez, aos 32′, Geovane passou entre dois jogadores rivais e mandou de pé esquerdo e quase marcou o primeiro para o Esmeraldino, mas Kozlisnki segurou. O lance serviu para aumentar a confiança da torcida Esmeraldina. Dez minutos depois, Michael tentou cabecear de dentro da área, mas a bola não fez muito efeito e o camisa 1 defendeu. Aos 46′, Raphael Lucas fez cobrança de escanteio, Michael interceptou a bola e cruzou forte, mas não conseguiu marcar.

2º TEMPO

De volta aos gramados, André Luís tentou o primeiro lance de perigo do Dragão, mas Sidão foi mais rápido e segurou a bola. Três minutos depois, Kozlinski, por pouco não deixou o Goiás abrir o placar ao defender o lance do adversário com os pés. Aos cinco minutos, Gilvan, Lucas Rocha e Rafael Vaz colidiram de cabeça durante um cruzamento de bola. Lucas Rocha saiu de campo numa maca, com o pescoço imobilizado aos 13′. Dois minutos após o incidente, o Verdão tentou mais uma vez abrir placar com uma cobrança de escanteio e Pedro Bambu impediu o ataque. Aos 27′, Sidão vacilou na defesa e por pouco não deixou que Gilvan marcasse de cabeça. Durante uma cobrança de falta do Verdão, Giovanni fez lance de perigo e quase marcou o primeiro gol aos 33′. Nos acréscimos, após a pausa para atendimento médico, o meia central Matheus Bossa encerrou a partida ao marcar o único gol da partida para o Dragão.

E AGORA?

Após cinco anos, o Atlético Goianiense pôde se declarar campeão goiano com a vitória por 1 x 0 em cima do Goiás no Estádio Olímpico, em Goiânia. Este é o 14º título estadual que o Dragão conquistou. Já o Goiás, que estava em busca de seu pentacampeonato, terminou mal na competição. O presidente do clube optou por demitir o técnico Maurício Barbieri devido à queda do desempenho da equipe nos últimos jogos que culminaram em sua eliminação do torneio. O clube agora busca um novo treinador para tomar conta da equipe para os próximos jogos que vão acontecer pela Série A do Brasileirão que começa no próximo domingo (28).

MELHORES MOMENTOS

Isabella Brito Ribeiro

Sobre Isabella Brito Ribeiro

Isabella Brito Ribeiro já escreveu 91 posts nesse site..

Me chamo Isabella Brito Ribeiro, tenho 20 anos e curso Jornalismo na faculdade UNIALFA, em Goiânia. Atualmente estou no quinto período. Gosto bastante de fotografia, principalmente a esportiva, a qual tem o poder de transmitir as emoções presentes nos jogos e campeonatos para o espectador cujo aprecia tanto o esporte apresentado.

BetWarrior


Poliesportiva


Isabella Brito Ribeiro
Isabella Brito Ribeiro
Me chamo Isabella Brito Ribeiro, tenho 20 anos e curso Jornalismo na faculdade UNIALFA, em Goiânia. Atualmente estou no quinto período. Gosto bastante de fotografia, principalmente a esportiva, a qual tem o poder de transmitir as emoções presentes nos jogos e campeonatos para o espectador cujo aprecia tanto o esporte apresentado.
http://isabellabritojor.wixsite.com.br/o-bandeirante

Artigos Relacionados

Topo