Atlético-GO vence Sport e deixa zona de rebaixamento da Série A (Foto: Reprodução / Peu Ricardo / DP)

Nesta segunda-feira (23), Sport e Atlético-GO entraram em campo em jogo válido pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. Assim, na Ilha do Retiro, o Dragão se impôs e deu dificuldades ao Leão, que ficou refém de bolas paradas mal batidas por Thiago Neves. Logo, melhor em campo, os visitantes chegaram ao gol apenas na etapa final, com Janderson. Dessa forma, a vitória por 1 x 0 reabilitou a equipe após cinco rodadas e aproximou de vez os pernambucanos da zona de rebaixamento.

1º TEMPO

Apesar de jogar fora de casa, o Atlético-GO tomou a iniciativa e foi superior na primeira etapa. Assim, com jogadas pela direita, o Dragão levou perigo, aos 15′, em cobrança de falta de Chico, a bola bateu em Maidana e sobrou para Willian Maranhão, mas Luan Polli fez grande defesa. Enquanto isso, o Sport encontrava dificuldades para fazer a transição da defesa ao ataque e ficava fechado na marcação adversária. Logo, aos 22′, o time goiano chegou com perigo na cabeçada de Gilvan.

Assim, somente após a primeira metade que o Sport começou a trocar passes com mais facilidade e chegar à frente com qualidade pelo lado direito. Aos 31′, após cruzamento na área, Mikael cabeceou na direção do gol, mas Jean defendeu. Já na reta final, o Dragão fez pressão em duas boas chances com Gustavo Ferrareis e Zé Roberto, ambos de cabeça. No fim, a melhora do Leão permitiu uma falta próxima a área, Thiago Neves bateu, Adryelson cabeceou, mas a bola não chegou em Lucas Mugni para mandar para as redes.

https://twitter.com/sportrecife/status/1331021972290084865

2º TEMPO

Na volta do intervalo, o Sport trouxe Marquinhos na vaga de Jonatan Gomez em busca de ganhar velocidade pelas pontas. Assim, o Leão melhorou, mas não conseguia infiltrar na área, ficando refém de bolas paradas, que não chegavam ao destino pelos pés de Thiago Neves. Logo, no melhor momento mandante, aos 15′, Zé Roberto puxou contra-ataque, pegou a defesa sem marcação e Janderson abriu o placar para o Atlético-GO. Em seguida, Gilvan recebeu sozinho na área, mas finalizou torto, após cobrança de falta.

Precisando da vitória, Ricardo Henriques, substituto de Jair Ventura com Covid-19, colocou o time para frente com Lucas Venuto, algo que desmontou o meio campo. Assim, o Sport passou a jogar na base do abafa, mas quem levou perigo foi o Atlético-GO em boa trama de Janderson e Danilo Gomes. Já na reta final, mais na vontade do que na qualidade, o Leão ainda carimbou a trave com Sander. No fim, a árbitra ainda marcou pênalti para os donos da casa, mas o VAR anulou a marcação por simulação de Hernane Brocador.

https://twitter.com/ACGOficial/status/1331043216502763526

SPORT x ATLÉTICO-GO – E AGORA?

Dessa forma, com o resultado, o Atlético-GO subiu para a 12ª posição com 27 pontos e voltou a vencer após cinco rodadas. Já o Sport somou a segunda derrota seguida, em casa, e caiu para a 15ª colocação com 25 pontos. Agora, na próxima rodada, o Dragão recebe o Internacional, no sábado (28), às 21h (horário de Brasília). Enquanto que o Leão visita o Santos, no mesmo dia, às 17h (horário de Brasília).

MELHORES MOMENTOS – SPORT x ATLÉTICO-GO

Em breve.

Foto Destaque: Reprodução / Peu Ricardo / DP

Avatar
Ricardo do Amaral
"Alvíssaras! Sou Ricardo Accioly Filho, pernambucano de 27 anos, advogado e estudante de jornalismo pela Uninassau. Tenho como mote que “no futebol, nunca serão apenas 11 contra 11”; é arte, é espetáculo, humanismo, tem poder de mover multidões e permitir ascensões sociais. Como paixão nacional do brasileiro, o futebol me acompanha desde cedo, entretanto como nunca tive habilidade para praticá-lo, busquei associar duas vertentes de minha vida: o prazer pela leitura e o esporte bretão. Foi nesse diapasão que encontrei no jornalismo esportivo o elo de ligação que me leva a difundir e informar o que, nas palavras de Steven Spielberg, é o “mais belo espetáculo de imagens que já vi”."

Artigos Relacionados