Atlético-GO sofre com dois a menos, mas segura empate com Athletico-PR

- Sem William Maranhão e Éder desde o primeiro tempo, o Dragão abriu os serviços e viu o Furacão igualar o placar
Com dois a menos, Atlético-GO empata com Athletico-PR

Em jogo equilibrado, o Atlético-GO ficou no empate por 1 x 1 com o Athletico-PR, na noite deste sábado (17). Apesar de ter dois a menos em campo em boa parte do jogo, o Dragão conseguiu invadir a defesa dos visitantes e abriu o placar. No entanto, Léo Cittadini deixou tudo igual na partida válida pela 17ª rodada do Brasileirão Série A.

1º TEMPO

A princípio, o Athletico aproveitou os erros da defesa dos mandantes e teve a primeira grande chance. Após o desarme de Léo Cittadini, Jean fechou o ângulo e impediu a finalização do meia. Em seguida, o Dragão marcou a saída de bola para impedir ataques providenciais do Furacão. Entretanto, quando Willian Maranhão deu um tapa no rosto de Carlos Eduardo, o técnico Eduardo Souza viu seu time ficar com um a menos. Aos 22′, Zé Roberto invadiu a área e foi derrubado por Pedro Henrique. Embora o árbitro Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro tenha assinalado pênalti, o VAR deu impedimento no lance.

Em vantagem numérica, o Athletico apareceu mais no jogo e arriscou no chute de Christian. Aos 36′, os goianienses ficaram com nove atletas em campo. A saber, Carlos Eduardo saiu em velocidade e foi parado por Éder. Por conta falta dura, o zagueiro-esquerdo do Atlético-GO levou o cartão vermelho direto. Ainda assim, os mandantes pressionaram e chegaram ao gol, depois da arrancada de João Vitor e da conclusão de Zé Roberto.

2º TEMPO

Logo aos 5′, Kayzer teve a chance de empatar o confronto. Fabinho apostou na jogada em velocidade e lançou para o camisa 79, que desperdiçou o chute. Por outro lado, os goianienses tentaram ampliar o resultado nos contra-ataques. Janderson recebeu a bola, mas mandou fraco para fora. Aos 17′, Nikão fez o giro e limpou a marcação para cruzar rasteiro. Livre, Léo Cittadini arriscou de primeira e balançou as redes para o Athletico-PR.

Por fim, os visitantes dominaram os lances de maior perigo, mas erraram nas finalizações. Enquanto Cittadini chutou por cima da meta, Kayzer pegou mal na bola. Ainda, Richard acionou Guilherme Bissoli na frente, mas a jogada parou no goleiro Jean. Além disso, Cittadini levou a melhor pelo alto aos 41′ e acertou a trave. Logo depois, o meia falhou no cabeceio já na pequena área. Dessa maneira, nenhuma equipe saiu de campo com os três pontos.

ATLÉTICO-GO X ATHLETICO-PR – E AGORA?

Com 22 pontos, o Dragão sobe para a 8ª posição, mas tem chances de ser ultrapassado pelo Fortaleza, Grêmio, Sport e Ceará. Já o Furacão permanece na zona de rebaixamento, com 16 pontos. A fim de se aproximar do G6, o Atlético-GO recebe o Palmeiras, no domingo (25), às 16h, (horário de Brasília). No mesmo dia, porém mais tarde, o Athletico-PR encara o Tricolor Gaúcho de Renato Portaluppi, em casa, às 18h15 (horário de Brasília).

MELHORES MOMENTOS – ATLÉTICO-GO X ATHLETICO-PR

Foto destaque: Reprodução/Atlético-GO/Heber Gomes

Luma Lane Rodrigues

Sobre Luma Lane Rodrigues

Luma Lane Rodrigues já escreveu 64 posts nesse site..

Meu nome é Luma Lane. Tenho 18 anos, sou da cidade de Barra Mansa, no interior do Rio de Janeiro e estou cursando o segundo período de jornalismo no UBM - Centro Universitário de Barra Mansa. Sempre fui apaixonada na área - em especial no jornalismo esportivo - e entrar para a faculdade me deu ainda mais certeza de que esse é o meu sonho. Gosto bastante de fotografar, ouvir músicas, ler e escrever. Considero o ramo extremamente importante e necessário, pelo contato com o público e por ter a transmissão da verdade como pilar principal. Nesse sentido, meu objetivo é conhecer diferentes culturas, esportes e pessoas, para contribuir de forma cada vez mais eficaz ao mundo. Nesta que é a minha primeira experiência profissional, espero colaborar com meus textos para o crescimento da plataforma, além de aprender com as técnicas do site para evoluir na carreira.

BetWarrior


Poliesportiva


Luma Lane Rodrigues
Luma Lane Rodrigues
Meu nome é Luma Lane. Tenho 18 anos, sou da cidade de Barra Mansa, no interior do Rio de Janeiro e estou cursando o segundo período de jornalismo no UBM - Centro Universitário de Barra Mansa. Sempre fui apaixonada na área - em especial no jornalismo esportivo - e entrar para a faculdade me deu ainda mais certeza de que esse é o meu sonho. Gosto bastante de fotografar, ouvir músicas, ler e escrever. Considero o ramo extremamente importante e necessário, pelo contato com o público e por ter a transmissão da verdade como pilar principal. Nesse sentido, meu objetivo é conhecer diferentes culturas, esportes e pessoas, para contribuir de forma cada vez mais eficaz ao mundo. Nesta que é a minha primeira experiência profissional, espero colaborar com meus textos para o crescimento da plataforma, além de aprender com as técnicas do site para evoluir na carreira.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Topo