Atlético de Madrid vence e vai para a final da Europa League

- Espanhóis batem Arsenal com gol isolado de Diego Costa após sete jogos de jejum

Em jogo intenso e de apenas um gol, Atlético de Madrid bateu o Arsenal dentro do Estádio Wanda Metropolitano, com gol de Diego Costa e vai enfrentar o Olympique de Marseille na grande final da Liga Europa.

O Arsenal tentou, mas Wenger não terá sua despedida com um troféu europeu. O técnico francês completou 250 partidas em torneios europeus. A primeira partida foi 1 x 1, Lacazzete para o Arsenal e Griezmann para os espanhóis. A final será na França, no estádio do Lyon, Parc Olympique Lyonnais, rival do Marseille.

O time do técnico Diego Simeone, manteve sua linha defensiva muito bem postada e impediu as inúmeras investidas do time inglês. A grande baixa do jogo foi a contusão do zagueiro do Arsenal, Koscielny. O francês sofreu um rompimento no tendão. Lesão com um alto tempo de recuperação, o que tira o atleta da Copa do Mundo na Rússia.

Diego Costa marca o gol da vitória do Atlético de Madrid sobre o Arsenal (Reprodução/AFP/Marca)

1° tempo

Início de jogo com as duas equipes tocando muito bem a bola. Boas decidas e superioridade do time da casa. O Atlético de Madrid soube aproveitar as oportunidades e atacou com mais propriedade. E com Griezmann, quase abriu o marcador após uma belíssima virada e chute cruzado no canto do Ospina.

O Arsenal em menos de oito minutos teve uma baixa no time, o zagueiro Koscielny, sobre uma lesão em lance sozinho em campo e deixa o jogo para ser substituído por Chambers. Aos 27′, Lacazette entrou na área pela esquerda, mas demorou para chutar e teve que deixar a bola com Ozil. O alemão cruzou rasteiro, e Godín afastou.

O gol do Atlético estava por detalhes, e aconteceu. Nos acréscimo, Oblak recebe uma bola recuada e lançou para Griezmann, que avançou pela direita e deu passe para Diego Costa que se movimentou na diagonal e bateu na saída do goleiro colombiano, Ospina. Placar inaugurado no estádio Wanda Metropolitano.

2° tempo

Atrás no placar, o Arsenal iniciou a segunda etapa com mais disposição, tocando a bola e ousando mais chutes ao gol espanhol, assustando e quase arrancando o empate aos sete minutos. Ramsey ficou bom a bola depois de levantamento na área, brigou para arrumar espaço, mas o chute saiu mascado, à direita do gol de Oblak.

E o time da casa jogando no contra ataque, tendo mais eficiência e quase aumentou o placar em duas oportunidades: chute de Grizmann de fora da área e cabeça de Diego Costa. Precisando de um gol para levar o confronto para a prorrogação, o time de Wenger cresceu na partida. Aos 17′, foi a vez de Xhaka arriscar de fora e obrigar boa defesa de Oblak. Diego Costa, visivelmente esgotado, é substituído por Fernando Torres, que entra para tocar a bola e gastar o tempo até o término da partida.

Torres entra no gramado no lugar de Diego Costa (Reprodução/Chema Rey/Marca)
Diego Monteiro

Sobre Diego Monteiro

Diego Monteiro já escreveu 66 posts nesse site..

Jovem jornalista apaixonado por futebol, música e resenha boa. Sou paranaense na terra da garoa. Alguns dizem que sou doido, mas doido é quem me chama. De loucura e razão, todos nós temos um pouco.

BetWarrior


Poliesportiva


Diego Monteiro
Diego Monteiro
Jovem jornalista apaixonado por futebol, música e resenha boa. Sou paranaense na terra da garoa. Alguns dizem que sou doido, mas doido é quem me chama. De loucura e razão, todos nós temos um pouco.

    Artigos Relacionados

    Topo