THALES LIRA

A temporada 2022 nem começou e o Operário-PR segue a todo vapor com as suas renovações e contratações. Afinal, o próximo ano será movimentado para o clube que tem pela frente o Campeonato Paranaense, Copa do Brasil e a Série B do Brasileirão 2022. Ou seja, o técnico Catalá organiza a preparação de sua equipe para alcançar as melhores posições em cada campeonato. Em outras palavras, o zagueiro Thales Lira se torna parte fundamental desse dream team da vitória.

MAIS UM PARA A CONTA: THALES LIRA CHEGA AO OPERÁRIO

A equipe do Fantasma pode até estar de férias dos treinos, mas o técnico Ricardo Catalá não. Afinal, o treinador segue reformulando o seu time para a próxima temporada. Aliás, até o momento, contabiliza dois novos atletas e duas renovações de contrato.

Sendo assim, visando as disputas da temporada 2022, o Operário acertou a contratação do zagueiro Thales Lira, de 28 anos. A saber, o atleta que estava no Guarani, terá o contrato válido com a equipe do Fantasma até o final da Série B 2022.

Em síntese, Thales foi revelado pelo Internacional de Porto Alegre, sua cidade natal, e possui passagens pelos times brasileiros: Bahia, Atlético-GO e CSA. Ainda mais, Vitória, Criciúma, Paraná e Guarani. Além disso, internacionalmente, fez parte do Ankaraspor, da Turquia.

FICHA TÉCNICA

Nome completo: Thales Natanael Lira de Matos

Idade: 28 anos

Posição: zagueiro

Data de nascimento: 06/04/1993

Cidade natal: Porto Alegre/RS

Peso: 80 kg

Altura: 1,86

Último clube: Guarani

PRÓXIMA TEMPORADA OPERÁRIO-PR

Por fim, o Operário está de férias e só se reapresenta no dia 3 de janeiro. A saber, a sua estreia na temporada acontecerá no dia 23 de janeiro, contra o União-PR, no Estádio Germano Krüger. A disputa, será na abertura do Campeonato Paranaense. Além disso, durante o ano o clube também participará da Copa do Brasil e a Série B do Brasileirão 2022.

Foto Destaque: Divulgação/Operário Ferroviário Futebol Clube

Amanda Scarlatt
Amo poder ter o jornalismo como a minha maneira de expressão. Sou apaixonada pelo meio digital e tudo que podemos construir nele na comunicação. Acredito fielmente na essência de uma boa matéria jornalística: a investigação. Afinal, independente da sua editoria e formato, o jornalismo pode mudar vidas. Enfim, VIVA O JORNALISMO!