Athletico oficializa a contratação de Ravanelli (Foto: Divulgação/Fábio Wosniak/Athletico Paranaense)

O Athletico anunciou na última sexta-feira (14), a contratação de Ravanelli. O meia de 22 anos chega por empréstimo, junto ao Akhmat Grozny, da Rússia. O vínculo com o Furacão vai até fevereiro de 2021. O jogador se destacou pela Ponte Preta, antes de se transferir para o futebol europeu.

Apesar da punição imposta pela Fifa por conta da contratação de Rony, o Athletico segue no mercado, já que nenhum comunicado oficial foi entregue pela entidade ao clube paranaense. A diretoria da equipe entende que, de forma judicial, somente a partir da entrega da carta, o Furacão não poderá mais fazer contratações.

O acordo com Ravanelli se deu nos últimos momentos antes do fechamento da janela para transferências internacionais. Até por isso, ao falar pela primeira vez como jogador do Athletico, o meia brincou com o fato.

“Agradeço ao Athletico por acreditar em mim. Estou muito feliz com esse acerto. Brinco que foi aos 45 minutos do segundo tempo, antes de fechar a janela internacional. Mas deu tudo certo e estou contente por poder vestir a camisa de um grande clube brasileiro”, disse o atleta.

Revelado pela Ponte Preta, Ravanelli foi contratado pelo Akhmat Grozny em 2017. Pelo clube russo foram 37 jogos, com cinco gols e 10 assistências. O meia avaliou sua passagem pelo futebol europeu.

“Foi uma experiência muito diferente. Eu aceitei, porque queria conhecer novas culturas, um outro futebol. O primeiro ano foi mais de adaptação. Depois consegui aproveitar e pude evoluir em muitos aspectos, principalmente na marcação, até porque o futebol russo é de muita força”, destacou.

Foto Destaque: Divulgação/Fábio Wosniak/Athletico Paranaense

Renan Liskai
Renan Liskai
Muito prazer! Sou Renan Liskai, paulista, natural de Santo André. Desde 1998 falando, respirando, sorrindo, chorando e enlouquecendo por futebol. A vida de goleiro não deu certo, mas o jornalismo sempre esteve ali. Descobri que se não podia estar dentro de campo ou das quadras, eu poderia estar do lado de fora, mas sempre vivendo tudo isso. Sou daqueles que não perde um jogo de futebol por nada, seja ele qual for. Costumo dizer que esse esporte é assunto mundial e que não há uma pessoa no mundo que nunca tenha falado sobre tudo que acontece dentro e além das quatro linhas. Assim como todo mundo, carrego uma história e experiências. Sou filho, irmão, neto, amigo e sempre serei um eterno aprendiz dessa vida.

Artigos Relacionados