Ataque Tricolor comprometido

Um raio pode sim cair duas vezes no mesmo lugar. E a prova disso é a dor que o atacante Kelvin sentiu na parte posterior na coxa esquerda. Nos dois últimos jogos ele relatou que sentiu uma “fisgada” durante a corrida, mas no último jogo deixou o estádio mancando.

Como se não bastasse o resultado da disputa em casa de ontem (23) para o São Paulo, que não passou de um empate de 0 a 0 para o Sport, clube que está na zona do rebaixamento, o Tricolor perdeu também a chance de melhorar a colocação no G4, num fechamento de 15 pontos, classificado na sétima posição.

O clube tem agora a preocupação com Kelvin, um dos seus principais jogadores de ataque, que já somou três assistências. Até o fim do ano Kelvin está no time paulista a empréstimo do Porto. Com a perda do argentino Calleri, suspenso nesse jogo contra o Sport, o São Paulo pulsa ainda mais fraco no ataque.

Com um saldo, diga-se de passagem, alto, de nove jogadores machucados no último mês, a saída para o treinador argentino Edgardo Bauza suprir a ausência de Kelvin, pode ser Luiz Araújo, menino de 20 anos que mostra em campo a leitura do jogo com facilidade, por mais que falhe com algumas de suas finalizações.

O titular da equipe de Bauza, desfalcará o time que volta a campo neste domingo (26) para enfrentar o Santos, time que apresenta um ataque leve e rápido, podendo comprometer ainda mais o Tricolor, mas tudo depende do resultado do exame que saíra ainda nesta sexta-feira (24).

Leticia Soares

Sobre Leticia Soares

Leticia Soares já escreveu 12 posts nesse site..

Letícia Soares, 21 partidas completas pela vida. Estudante de jornalismo, que já estudou gastronomia e que ama também áreas da psicologia. O que isso tudo tem em comum? Nada. Simplesmente descobriu a paixão pelo futebol por um ex-namorado que era fanático pelo jogo. O relacionamento teve fim, mas o amor pela bola, continua prosperando a cada partida que assiste.

BetWarrior


Poliesportiva


Leticia Soares
Leticia Soares
Letícia Soares, 21 partidas completas pela vida. Estudante de jornalismo, que já estudou gastronomia e que ama também áreas da psicologia. O que isso tudo tem em comum? Nada. Simplesmente descobriu a paixão pelo futebol por um ex-namorado que era fanático pelo jogo. O relacionamento teve fim, mas o amor pela bola, continua prosperando a cada partida que assiste.

    Artigos Relacionados

    Topo