As principais opções de convocação para a Copa do Mundo

A seleção nacional buscará se vingar da humilhação que sofreu em casa nas mãos da Alemanha, na Copa do Mundo de 2014. Desde aquele embaraçoso resultado perante a torcida local, a seleção nacional começou um período de transição, com alguns jogadores antes secundários sendo trazidos ao time principal para tentar renovar a equipe.

Os pentacampeões têm a oportunidade de vencer uma segunda Copa do Mundo em um país europeu. A última vez que isso aconteceu foi quando o Brasil conquistou a primeira Copa do Mundo, em 1958, na Suécia. A Copa do Mundo de 2002, na Coreia do Sul e no Japão, foi a última vez que o país teve sucesso na competição, derrotando a Alemanha por 2 a 0 na final.

Na competição de 2014, o país anfitrião não teve sorte. Nas quartas de final, o talismã do time, Neymar, sofreu uma lesão que o impediu de participar dos restantes jogos da Copa do mundo. Essa lesão não só negou ao time a chance de usar as habilidades de Neymar, mas também teve um efeito negativo na moral do time. Com a transferência recorde de Neymar para o PSG em agosto de 2017, ele conseguiu sair da sombra de Lionel Messi no que diz respeito a clube, se tornou um jogador mais confiante e completo e, sem dúvida, será um dos favoritos a terminar a competição como principal artilheiro da Copa do mundo no Betfair aposta online.

O jogador mais caro do mundo está agora cercado por jogadores mais criativos, como a estrela da Premier League, Roberto Firmino e a mais nova contratação do Barcelona, ​​Philippe Coutinho. Alguns jogadores experientes na defesa permaneceram no time, como Thiago Silva, Marcelo, Miranda e o capitão da seleção nacional, Dani Alves. Todos provavelmente serão convocados para competir na Rússia. Marquinhos, Danilo, Alex Sandro e Jemerson foram chamados para renovar o restante da defesa. Os quatro fizeram participações na Liga dos Campeões nesta temporada.

Julio Cesar, o goleiro que concedeu os sete gols contra a Alemanha em 2014, jogou em uma última partida após a derrota das semifinais, concedendo três gols no jogo contra os Países Baixos, sofrendo uma derrota de 3 a 0 na disputa pelo terceiro lugar. Em 2014 e 2015, Jefferson foi o goleiro principal da seleção, embora com o surgimento de Alisson, no Roma e de Ederson no Manchester City, o técnico Tite tenha o luxo de ter duas opções fortes para gol.

Neymar é indiscutivelmente o único jogador no time que tem a vaga de titular garantida, a menos que sofra uma lesão. Para outras posições do ataque, Roberto Firmino e Gabriel Jesus provavelmente serão selecionados, embora Douglas Costa, do Juventus, também tenha uma chance de se apresentar na Copa do mundo. Há uma riqueza de talentos no meio de campo e as disputas pelos lugares de titulares serão entre Willian, Paulinho, Fernandinho, Philippe Coutinho, Renato Augusto e Casemiro. Felizmente para esse grupo, Tite experimentou e implementou combinações de meio de campo diferentes nos jogos do ano passado, o que dá esperança a todos esses jogadores de terem a oportunidade de participar da Copa do mundo.

Alex Sandro provavelmente será convocado como zagueiro esquerdo e é improvável que Tite mexa no capitão da equipe, Dani Alves, o que significa que a posição de zagueiro direito também tenha sido preenchida. A única ameaça real para as posições deles é Danilo, do Manchester City, que provou ser um defensor versátil e mostrou algumas boas performances no Citizen. Thiago Silva tem sido um jogador de defesa regular nos últimos jogos e é provável que a parceria com ele fique entre Jemerson e Marquinhos. Marquinhos fez parceria com Thiago na defesa do PSG nesta temporada, com Dani Alves também fazendo parte dessa mesma defesa. Tite deve ver como vantagem manter os três juntos na seleção nacional também.

Ederson tem tido algumas apresentações de altíssimo nível na Premier League pelo Manchester City, embora Alisson, do Roma, tenha mais experiência com a seleção e seja apenas um ano mais velho. O goleiro do Roma também teve mais experiências nas equipes juvenis, o que pode significar que ele tenha uma vantagem em relação a Ederson.

O time atual tem uma riqueza de talentos e, embora não tenha ganhado uma Copa do mundo na Europa desde 1958, os recordes são feitos para serem quebrados e dada a humilhação dos 7 a 1 em 2014, este time estará mais determinado do que nunca para esclarecer os fatos. Por isso, não é de se admirar que ele tenha sido considerado o segundo favorito a ganhar a competição, ficando atrás apenas da atual campeã Alemanha, que defenderá o título.

Redação FNV

Sobre Redação FNV

Redação Futebol na Veia já escreveu 1572 posts nesse site..

Um site destinado ao esporte que corre na veia da maioria dos brasileiros: O futebol! No nosso site você encontra tudo sobre o futebol, tanto nacional, quanto internacional, além de poder acompanhar nossos palpites e análises para os jogos da semana e as belas musas

BetWarrior


Poliesportiva


Redação FNV
Redação FNV
Um site destinado ao esporte que corre na veia da maioria dos brasileiros: O futebol! No nosso site você encontra tudo sobre o futebol, tanto nacional, quanto internacional, além de poder acompanhar nossos palpites e análises para os jogos da semana e as belas musas

Artigos Relacionados

Topo