Neste domingo (1), o Columbus Crew recebeu o Philadelphia Union pela Semana 22 da MLS. A partida aconteceu no MAPFRE Stadium, em Columbus. Já classificado, o time da casa conseguiu bom resultado com apoio do brasileiro Artur que fez gol e boa atuação na partida.

1º Tempo

O time da casa não tinha posse de bola, mas tinha pontaria. Cinco chutes foram tentados em cada lado, dois do Union foram em direção ao gol, porém o Crew só precisou de um. Aos 36 minutos, Afful tocou para Artur na entrada da área. Ele arriscou dali mesmo e acertou o canto do goleiro para abrir o marcador. Dessa forma o intervalo começou em vantagem para os donos da casa.

2º Tempo

Com Artur motivado, o Crew continuava tentando, mas foi o Union que assustou primeiro. No cruzamento de Jamiro Monteiro, Przybyłko acertou a trave e depois a defesa afastou. Aos 10 minutos, na velocidade de Sergio Santos, o brasileiro foi derrubado e o árbitro marcou pênalti. Monteiro bateu e converteu, empatando a disputa. Mas aos 44′, Luiz Diaz cruzou e Németh completou para as redes. Assim o placar terminou em 2 x 1 para o Columbus Crew.

E Agora?

Com o resultado o time casa é o 3º colocado do Leste, com 38 pontos, os mesmos do Orlando que venceu o New York Red Bulls. Enquanto isso, o Philadelphia Union estaciona com 44 pontos, na mesma conferência e também empatado, mas com o Toronto, na liderança da chave. Na próxima semana, Columbus visita Orlando e Philadelphia recebe o New England Revolution.

Melhores Momentos

Ruan Silva
Ruan Silva
Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

Artigos Relacionados