Artilheiro made in China? A Superliga já teve!

- Apenas dois jogadores conseguiram o feito em 15 anos do formato atual da competição

Elkeson, Eran Zahavi, Ricardo Goulart e muitos outros estrangeiros já foram artilheiros da Superliga Chinesa. Mas quais jogadores nascidos na China já foram goleadores de uma edição do campeonato? Em apenas três temporadas de CSL o líder no quesito gols foi um chinês. O único que conseguiu realizar o feito duas vezes foi ninguém mais, ninguém menos que Li Jinyu, o maior artilheiro da história do Campeonato Chinês (juntando o modelo antigo e o atual), nos anos de 2006 e 2007. O outro, mais recente, em 2018, foi Wu Lei, o chinês com mais gols na era moderna do torneio. Saiba mais sobre ambos no texto dessa semana da coluna Escalando a Muralha!

Artilheiros caseiros

Li Jinyu

Um dos maiores atacantes chineses de todos os tempos, Li Jinyu começou sua carreira no time juvenil do Shenzhen e despontou com o sucesso que fazia nas seleções de base. Assim, depois de se destacar na antiga FIFA World Youth Championship, o clube francês Nancy se interessou por seu futebol e o levou por empréstimo de um ano ao país europeu. Contudo, sua passagem por lá acabou sendo muito curta e não rendeu frutos. Sendo assim, o jogador regressou ao país mais populoso do mundo e assinou com o Liaoning FC, equipe na qual atuou em 100 partidas, marcou 46 gols e conseguiu sua 1ª artilharia no campeonato nacional.

Posteriormente, no começo de 2004, o Shandong Luneng pagou cerca de 4.9 milhões de renminbi (2.9 milhões reais) para contar com Jinyu, que se tornou o jogador chinês mais caro de todos os tempos na época. Não demorou para se tornar peça fundamental da equipe titular e já conquistou Copa da China e a Copa da Superliga Chinesa ao fim da temporada de estreia. Mas foi em 2006 que o matador fez história. Ao fim da temporada veio a conquista de sua primeira Superliga Chinesa, da Copa da China e da Chuteira de Ouro da CSL, resultado dos 26 gols marcados.

No ano seguinte, 2007, nada de título, contudo, o bi da artilharia veio, graças aos 15 gols anotados durante o nacional. As temporadas posteriores não foram no mesmo nível, mas o atacante conseguiu conquistar mais dos títulos do Chinesão, e em 2010, se aposentou oficialmente dos gramados, tendo terminado sua trajetória como maior artilheiro da história do Campeonato Chinês unificado, com 119 tentos. Aos 42 anos, Li Jinyu atualmente está no mundo da comissão técnica, tendo passado pela Seleção Chinesa feminina e agora estando no Jiangsu Suning.

Wu Lei

Aos 27 anos, Wu Lei é considerado o melhor futebolista chinês da atualidade e um dos grandes ídolos de seu país. Aos 12, se matriculou em uma escolinha de futebol e não demorou muito para iniciar a carreira. Apenas dois anos mais tarde, em 2006, estreou pelo recém-fundado Shanghai Dongya, atual SIPG, na 3ª divisão da China. Sendo assim, o jogador detém a marca de ser o mais jovem a estrear por uma equipe profissional com, mais precisamente, 14 anos e 287 dias.

No cenário nacional, Lei e sua equipe começaram a despontar em 2015, quando dividiu ataque com o argentino Darío Conca. O atacante foi fundamental na campanha do vice-campeonato nacional, sendo o 6º em número de gols daquela temporada. No ano seguinte, 2016, agora ao lado do brasileiro (agora chinês) Elkeson, seu nível aumentou ainda mais. Ele conseguiu a marca de vice-artilheiro e chinês com mais gols naquela CSL. Sua crescente continuou, portanto, nas duas temporadas seguintes.

Em 2017 mais uma vez a vice-artilharia, dessa vez com 20 gols, e pela 5ª vez consecutiva foi o jogador nativo que mais marcou. Contudo, foi em 2018 que Lei chegou a glória. O Shanghai SIPG, comandado em campo pelo poderoso quarteto Wu Lei, Oscar, Hulk e Elkeson, acabou com a hegemonia de sete anos do Guangzhou Evergrande e levou o título do Chinesão. Durante as 30 rodadas da competição, o Imperador do gol, como é conhecido, liderou a artilharia e terminou com a chuteira de ouro após marcar 27 tentos. Ainda mais, o prêmio de MVP da temporada também foi parar em suas mãos.

E depois da conquista da CSL?

Sua jornada com a equipe de Xangai terminou no começo deste ano, e o Espanyol, de Barcelona, é seu atual clube. Assim, além das marcas já citadas que foram deixadas na China, o jogador saiu do país com o posto de maior artilheiro da história da CSL, com 102 gols. Porém, agora o mesmo é o nº2, já que Elkeson o superou há pouco tempo. Na Espanha, Lei já fez história ao se tornar o primeiro chinês a marcar na La Liga e na Liga Europa, o que o faz ser ainda mais reconhecido pelo povo de sua terra natal.

Foto destaque: Reprodução/Squawka Football/Montagem FNV

Avatar

Sobre Leonardo Abrahão

Leonardo Abrahão já escreveu 427 posts nesse site..

Leonardo Abrahão, 20 anos, paulista e estudante de jornalismo na Universidade Nove de Julho. Futebol no sangue desde pequeno e para sempre.

BetWarrior


Avatar
Leonardo Abrahão
Leonardo Abrahão, 20 anos, paulista e estudante de jornalismo na Universidade Nove de Julho. Futebol no sangue desde pequeno e para sempre.

    Artigos Relacionados

    Topo