Nos últimos anos cada vez tem aumentado mais o número de brasileiras
atuando no exterior. Assim, uma delas é a atacante Thays Ferrer, que após duas
temporadas no futebol português, se transferiu para o Hwacheon KSPO, da
Coréia do Sul, onde é a artilheira da equipe com sete gols.

“Tive que me adaptar muito rápido ao futebol asiático, pois o aqui o
estilo de jogo é bem mais rápido e intenso, além disso, tive que me
acostumar com o fuso horário e a alimentação. Está sendo uma temporada
de adaptação, desafios e de afirmação, onde me fez crescer muito
profissionalmente.”

Em suma, faltando duas rodadas para o fim da fase de pontos corridos da WK
League, o Hwacheon está na quarta posição com 25 pontos, cinco pontos a
menos que o terceiro colocado Seoul, adversário da última rodada. O
primeiro colocado avança direto a final e o segundo e o terceiro,
disputam uma semifinal.

“Não podemos perder as esperanças, temos que lutar até o fim e conseguir
os seis pontos. Hoje estamos em uma situação complicada, pois não
dependemos apenas de nós mesmos, mas temos que fazer nossa parte,
conseguir os resultados e terminar bem a temporada”.

Natural de Barbalha, Ceará, Thays Ferrer tem apenas 21 anos e no Brasil
passou por Abelhas Rainhas, Lusaca, Tiradentes e Foz Cataratas. Em
Portugal, passou por Paio Pires e Ouriense, e chegou ao Hwacheon neste
ano, sendo a única estrangeira da equipe.

Foto Destaque: Divulgação/Hwacheon KSPO

Redação FNV

Deixe um comentário