Arteta sobre situação de Özil: “Para mim é muito triste”

O afastamento de Mesut Özil do restante do elenco do Arsenal não chateia apenas ao jogador. Responsável pela decisão, o técnico Mikel Arteta também se mostrou magoado com a situação. Assim, em entrevista ao “Bein Sports”, o atual comandante dos Gunners falou sobre o seu sentimento após cortar o atleta da lista de inscritos da equipe nas competições.

“Estou magoado porque não gosto que nenhum jogador do meu plantel não tenha a possibilidade de participar ou de lutar, para mim é muito triste porque não acho que ninguém mereça isso. Com o Mesut no momento, com o elenco, obviamente ele não pode estar envolvido. Tento ser o mais claro possível com ele e com os adeptos porque eles merecem saber as razões. Algumas pessoas vão entender e outras não vão”, declarou o técnico espanhol.

Özil não disputa uma partida pelo Arsenal desde junho, quando participou do amistoso diante do Brentford, logo após a retomada do futebol na Inglaterra. De lá para cá, o alemão sequer atuou no restante da temporada passada. Além disso, ficou fora das listas de inscritos do time na Premier League e na Europa League.

Por outro lado, apesar de demonstrar tristeza pela situação de Özil, Arteta transpareceu confiança em sua decisão de manter o meia afastado. Além disso, falou sobre a pressão de parte da torcida pela reintegração do atleta ao elenco.

“No momento em que você perde partidas de futebol, o nome dele vai aparecer e, quando você não, não vai. No final das contas, estou sentado aqui para tomar decisões, para tomar as decisões que, na minha opinião, são as melhores para o clube de futebol. E é isso que tenho que fazer”, finalizou.

Foto Destaque: Reprodução/Reuters

Renan Liskai
Muito prazer! Sou Renan Liskai, paulista, natural de Santo André. Desde 1998 falando, respirando, sorrindo, chorando e enlouquecendo por futebol. A vida de goleiro não deu certo, mas o jornalismo sempre esteve ali. Descobri que se não podia estar dentro de campo ou das quadras, eu poderia estar do lado de fora, mas sempre vivendo tudo isso. Sou daqueles que não perde um jogo de futebol por nada, seja ele qual for. Costumo dizer que esse esporte é assunto mundial e que não há uma pessoa no mundo que nunca tenha falado sobre tudo que acontece dentro e além das quatro linhas. Assim como todo mundo, carrego uma história e experiências. Sou filho, irmão, neto, amigo e sempre serei um eterno aprendiz dessa vida.

Artigos Relacionados