Arsenal se interessa por Maxi Gómez, do Valencia (Foto: Reprodução/EFE)

A pressão e os maus resultados na Premier League devem forçar o Arsenal a ir ao mercado em busca de reforços em janeiro. Assim, segundo o “The Sun”, a diretoria dos Gunners já mira o nome de Maxi Gómez, do Valencia. Destaque no clube espanhol, o atacante pode deixar a equipe a um preço baixo por conta da crise que assola os Che. Dessa forma, os interessados poderão oferecer algo bem abaixo de sua cláusula de rescisão, que atualmente é de 125 milhões de libras.

Com 24 anos, Maxi Gómez soma quatro gols na atual temporada, além de ter marcado outros 14 no seu primeiro ano no Valencia. Anteriormente, foi às redes 35 vezes enquanto atuava pelo Celta de Vigo, também da Espanha. O bom desempenho nos clubes faz com que seja figura frequente nas convocações da seleção uruguaia.

De acordo com a publicação, os erros frequentes dos atacantes do atual elenco do Arsenal podem abrir espaços para contratações no setor. Além disso, o técnico Mikel Arteta ganhou respaldo da diretoria dos Gunners para investir em novos jogadores na janela de janeiro.

O Valencia convive com uma forte crise proveniente da pandemia da Covid-19. Assim, na última abertura do mercado, a equipe perdeu oito de seus titulares, além de não conseguir novas contratações. Dessa forma, acusado por ex-jogadores do clube como principal culpado, o atual presidente, Anil Murthy, projetou que os dois próximos anos serão difíceis e que novos atletas serão negociados.

Foto Destaque: Reprodução/EFE

Renan Liskai
Muito prazer! Sou Renan Liskai, paulista, natural de Santo André. Desde 1998 falando, respirando, sorrindo, chorando e enlouquecendo por futebol. A vida de goleiro não deu certo, mas o jornalismo sempre esteve ali. Descobri que se não podia estar dentro de campo ou das quadras, eu poderia estar do lado de fora, mas sempre vivendo tudo isso. Sou daqueles que não perde um jogo de futebol por nada, seja ele qual for. Costumo dizer que esse esporte é assunto mundial e que não há uma pessoa no mundo que nunca tenha falado sobre tudo que acontece dentro e além das quatro linhas. Assim como todo mundo, carrego uma história e experiências. Sou filho, irmão, neto, amigo e sempre serei um eterno aprendiz dessa vida.

Artigos Relacionados