Com a possível saída de Héctor Bellerín, que atrai olhares de Barcelona e PSG, o Arsenal tem monitorado de perto o nome de Hakimi, da Inter de Milão. Assim, após os boatos, o jornal “AS afirma que os Gunners estão preparando uma oferta oficial para enviar aos italianos pelo jogador. Ainda de acordo com a nota, o atleta está avaliado em 42,5 milhões de libras.

Hakimi é sonho antigo do Arsenal. O clube chegou a fazer contatos com o Real Madrid após o atleta ter sucesso em sua cessão dos Merengues ao Borussia Dortmund. Contudo, os ingleses viram a Inter de Milão oferecer 40 milhões de euros e garantir a chegada do atleta.

Dessa forma, com Bellerín atraindo interesse de Barcelona e PSG, bem como seu rendimento caindo, os Gunners devem negociar o lateral, abrindo espaço para Hakimi. O marroquino já fez 36 jogos pela Inter na temporada, marcou seis gols e ajudou com seis passes para tentos.

Com contrato até 2025 com os italianos, o lateral tem em seu contrato uma cláusula de recompra fixada pelo Real Madrid. Entretanto, apesar do bom rendimento do jogador, é improvável que os Merengues ativem a opção e garantam seu retorno.

Carreira de Hakimi

Revelado pelo Real Madrid, Hakimi pouco atuou pelo clube espanhol. Ao todo, disputou apenas 17 partidas no plantel profissional. Desse modo, teve seu empréstimo firmado ao Borussia Dortmund, da Alemanha, em 2018. Pelos Aurinegros, o lateral realizou 73 jogos, marcou 12 gols e contribuiu com 17 assistências.

Marcado por ser um lateral ofensivo e de boa velocidade, Hakimi voltou ao Real Madrid valorizado. Contudo, sem espaço no elenco recheado dos Merengues logo se mudou para a Inter de Milão. Na Itália, vem aparecendo sempre entre os titulares do técnico Antonio Conte.

Foto Destaque: Divulgação/Internazionale

Renan Liskai
Renan Liskai
Muito prazer! Sou Renan Liskai, paulista, natural de Santo André. Desde 1998 falando, respirando, sorrindo, chorando e enlouquecendo por futebol. A vida de goleiro não deu certo, mas o jornalismo sempre esteve ali. Descobri que se não podia estar dentro de campo ou das quadras, eu poderia estar do lado de fora, mas sempre vivendo tudo isso. Sou daqueles que não perde um jogo de futebol por nada, seja ele qual for. Costumo dizer que esse esporte é assunto mundial e que não há uma pessoa no mundo que nunca tenha falado sobre tudo que acontece dentro e além das quatro linhas. Assim como todo mundo, carrego uma história e experiências. Sou filho, irmão, neto, amigo e sempre serei um eterno aprendiz dessa vida.

Deixe uma resposta