Nesta quarta-feira (7), o Liverpool condenou o racismo praticado em cima de Trent Alexander-Arnold, Naby Keita e Sadio Mané nas redes sociais. Dessa maneira, o trio sofreu preconceito após a derrota para o Real Madrid, pela Champions League, por 3 x 1.

Infelizmente, o lateral Alexander-Arnold recebeu emojis de macaco em seu último post no Instagram. Enquanto o meia Keita e o atacante Mané sofreram com atos semelhantes. Com isso, o Liverpool disse em comunicado:

“Mais uma vez, estamos discutindo com tristeza o abominável abuso racial na manhã seguinte a um jogo de futebol. É totalmente inaceitável e tem que parar. O Liverpool condena todas as formas de discriminação e continuamos a trabalhar com nossos parceiros de inclusão. Por meio de nossa iniciativa Red Together para fazer campanha contra ela”. 

Os órgãos que comandam o futebol inglês pediram que as empresas de mídias sociais enfrentem o problema de racismo. Dessa forma, nos últimos tempos, o preconceito racial aumentou muito pelas redes sociais.

Recentemente, o Instagram anunciou uma série de medidas. Ademais, o Twitter prometeu continuar seus esforços após tomar medidas em mais de 700 casos de abusos relacionados ao futebol na Grã-Bretanha em 2019. Além disso, o Liverpool disse que trabalhará com as autoridades competentes para identificar os usuários responsáveis.

Foto Destaque: Reprodução/Liverpool

Gabriel Yudi Gati Isii
Gabriel Yudi Gati Isii
Escolhi jornalismo porque tenho paixão pelo futebol. Faço faculdade na PUC-SP e já estudei na Etec Albert Einstein. Meu sonho é viver do esporte que admiro.

Deixe uma resposta