Argentinos Juniors e Colón estreiam com vitórias na Copa da Superliga Argentina

- Triunfos foram fora de casa e fizeram equipes iniciarem no G4 do Grupo B
Argentinos Juniors Colón

Nesta segunda-feira (16), mais dois jogos encerraram a primeira rodada da Copa da Superliga Argentina com vitória de Argentinos Juniors e Colón. Assim, em Lanús, o Bicho Colorado conseguiu importante triunfo na estreia da competição ao bater o time da casa por 1 x 0. Logo, o único gol da partida foi marcado por Kevin Mac Allister, ainda na etapa inicial. Já em Rosário, os Sabaleros derrotaram os donos da casa por 3 x 1 através dos tentos de Rafael Delgado, Wilson Morelo e Tomás Chancalay. Após, Marco Ruben, ex-Athletico, descontou para o Rosário Central.

Logo, com os resultados, Colón e Argentinos Juniors iniciam no G4 do Grupo B com três pontos. Enquanto que Lanús e Rosário Central, derrotados, ocupam a 10ª e 11ª colocações, respectivamente, ainda sem pontos. Agora, como medida de contenção ao surto do coronavírus, todas as competições na Argentina foram suspensas por tempo indeterminado. Assim, a Copa da Superliga Argentina será interrompida e não há uma data para a retomada dos jogos.

COPA DA SUPERLIGA ARGENTINA – FASE DE GRUPOS

LANÚS 0 x 1 ARGENTINOS JUNIORS

A etapa inicial começou com o Argentinos Juniors em cima. Assim, em falta cobrada pela esquerda, o cabeceio do Bicho Colorado quase encontrou as redes adversárias. No entanto, aos poucos, o Lanús entrou no jogo. Após uma troca de passes pela direita, a bola sobrou para Facundo Pérez mandar de longe. Em seguida, Granate teve a melhor chance em um chute cruzado de Marcelino Moreno que o goleiro deu rebote, na sobra, não teve o aproveitamento do atacante mandante. Já nos acréscimos, em escanteio, Kevin Mac Allister cabeceou para abrir o placar para El Tifón de Boyacá.

Na volta do intervalo, o panorama inicial se manteve. Assim, Argentinos Juniors até criou boa chegada através de Gabriel Hauche, No entanto, após o Lanús voltou a dominar a partida. Em boa trama pela direita, Carlos Auzqui tocou para José Sand, que tentou de letra, mas desperdiçou a jogada. Em nova descida, o Camisa 9 errou a cabeçada. Dessa forma, o Granate tentava de toda as formas, Marcelino Moreno teve outra boa oportunidade em lance de cabeça, mas mandou no travessão. Na reta final, José Sand, de cara para o gol, chutou em cima do goleiro. No fim, ainda teve tempo para Belluschi ser expulso após falta dura.

ROSÁRIO CENTRAL 1 x 3 COLÓN

O primeiro tempo foi bastante movimentado. Após um início sem maiores lances, aos 19′, após bate rebate próxima da pequena área, Rafael Delgado cabeceou para abrir o placar para o Colón. Em seguida, no embalo do gol, os Sabaleros roubaram bola no meio campo e tocaram para Wilson Morelo, que no meio de dois zagueiros, cortou do goleiro para ampliar o placar. Na sequência, em rápido contra-ataque de três contra dois, a bola sobrou livre para Tomás Chancalay fazer o terceiro tento dos visitantes.

Ainda na etapa inicial, Marco Ruben teve duas chances claras de gol, mas desperdiçou. No entanto, logo no princípio do segundo tempo, ele aproveitou bola cruzada pela esquerda e completou para a baliza, descontando para o Rosário Central. Assim, com o tento, Los Canallas passaram a criar mais. Em uma das investidas, quase marcaram em uma cabeçada perto da pequena área. Já nos acréscimos, os donos da casa ainda tiveram Joaquin Laso expulso. Mas não conseguiram esboçar uma reação.

Foto Destaque: Reprodução / Clarín

BetWarrior


Poliesportiva


Ricardo do Amaral
Ricardo do Amaral
"Alvíssaras! Sou Ricardo Accioly Filho, pernambucano de 27 anos, advogado e estudante de jornalismo pela Uninassau. Tenho como mote que “no futebol, nunca serão apenas 11 contra 11”; é arte, é espetáculo, humanismo, tem poder de mover multidões e permitir ascensões sociais. Como paixão nacional do brasileiro, o futebol me acompanha desde cedo, entretanto como nunca tive habilidade para praticá-lo, busquei associar duas vertentes de minha vida: o prazer pela leitura e o esporte bretão. Foi nesse diapasão que encontrei no jornalismo esportivo o elo de ligação que me leva a difundir e informar o que, nas palavras de Steven Spielberg, é o “mais belo espetáculo de imagens que já vi”."

    Artigos Relacionados

    Topo