Após reformulação, Cruzeiro busca deixar seu elenco mais ''cascudo''

Após temporada lastimável no ano de 2019, que culminou em um rebaixamento para a Série B, o Cruzeiro tem passado à cada dia por novas reformulações, tanto administrativas, como no elenco. Dessa forma, diversos medalhões deixaram o time – Thiago Neves, Edílson, Pedro Rocha, Fred, entre outros que rescindiram o contrato ou foram negociados.  Com isso, a busca por jogadores da base foi a principal escapatória da diretoria celeste para não gastar muito, devido às inúmeras dívidas e escândalos envolvendo diretores.

Contudo, após a chegada dos jovens ao elenco, a média de idade do time caiu, chegando em 24 anos, considerando a primeira escalação oficial no dia 22 de janeiro, na primeira rodada do campeonato mineiro, contra o Boa Esporte.

Na ocasião, o time escalado pelo técnico Adilson Batista foi:

Fábio; Edilson, Cacá, Léo e Rafael Santos; Jadsom, Adriano, Rodriguinho e Maurício; Alexandre Jesus e Judivan

Após mais saídas e baixas no elenco do clube de minas, foi possível ver, na última sexta-feira, um provável esboço de time para o reinício da temporada no próximo mês.

A escalação do treino tático feito pelo técnico Enderson Moreira foi:

Fábio; Jean, Cacá, Léo e João Lucas; Ariel Cabral, Jadsom, Régis e Maurício; Iván Angulo e Marcelo Moreno

https://www.instagram.com/p/CCUTrwqFsUH/

CRUZEIRO NA BUSCA PELA MÉDIA

No time esboçado por Enderson, a média se manteve na casa dos 27 anos. Todavia, mais da metade do time não estava na primeira partida temporada. Ademais, à diretoria cruzeirense tem feito contratações pontuais com objetivo de aumentar a média de idade e experiência do time para a disputa do campeonato mineiro, Copa do Brasil e Brasileirão Série B. Além disso, diversos jogadores que estavam emprestados tiveram seu retorno ao Cruzeiro, como é o caso lateral-esquerdo Patrick Brey e do goleiro Lucas França, que estavam emprestados a Ferroviária-SP e Ceará respectivamente.

Recentemente, foi especulado um possível interesse da Raposa no lateral Victor Luis, do Palmeiras, para reforçar a lateral esquerda. Assim também, um possível reforço para a direita seria o lateral Daniel Guedes, da Ferroviária.

Foto Destaque: Bruno Haddad/Cruzeiro/Divulgação

Gabriel Ricardo
Instagram: @gabriel_ricardo77 Meu nome é Gabriel, sou estudante de jornalismo pela UNIP. Fascinado por esportes, futebol principamente, e fã da resenha e dos debates, percebi desde cedo que jornalismo seria o caminho que eu iria trilhar. Com o amor pelo futebol e vivência na arquibancada, vi e sinto na pele que o futebol é muito mais que 11 contra 11. E é essa mensagem que tentarei transmitir a todos enquanto me for possível.

Artigos Relacionados