Após declaração de Oscar, China vai limitar brasileiros na seleção

- O país asiático já tem Elkeson e Aloíso Boi Bandido em seu time nacional
Oscar China

Após o ex-meia tacante do Chelsea, Oscar, em entrevista ao CGN, disse que estaria disposto a jogar pela seleção da China, caso a FIFA decida mudar as regras de naturalização de jogadores. A Federação de Futebol da China diz que vai limitar a naturalização de brasileiro com “três ou quatro” jogadores nascidos. Vale lembrar que Elkeson e Aloísio Boi Bandido já defendam o país asiático.

“Ficamos um pouco preocupados quando entregamos o passaporte a Elkeson, ou a qualquer outra pessoa. Mas o bom é que os torcedores chineses adoram ter alguns jogadores (naturalizados) na seleção, desde que possam fazer melhor pelo time e nos levar à Copa do Mundo. Não vejo resistência, honestamente, mas precisamos nos desenvolver. Nem uma estratégia de longo prazo. Não teremos dois terços das vagas do time ocupadas por brasileiros, podemos ter dois, três ou quatro jogadores, talvez, mas é só isso.” – disse Liu Yi, secretário-geral da Federação Chinesa de Futebol, à agência de notícias AFP.

Leia mais

Hulk revela que tem propostas do Brasil, da Europa e da Ásia

Oscar diz que defenderia a Seleção da China

Decisivo! Ricardo Lopes estreia com dois gols na virada do Shanghai SIPG sobre o Tianjin Teda

Shanghai SIPG X Hebei Fortune – Prognóstico da 2ª rodada da CSL 2020

Assim, a China encontrou uma solução rápida para a Copa do Mundo de 2022 começou a naturalizar alguns jogadores que não foram utilizados pelo Brasil. Um exemplo disso foi o atacante brasileiro Elkeson de 31 anos. Agora ele é conhecido com Ai Kesen. Contudo, foi o primeiro jogador naturalizado e jogou quatro vezes pela China e marcou quatro gols.

Foto destaque: Reprodução/Sina.com

Kaliel Serafin

Sobre Kaliel Serafin

Kaliel Serafin já escreveu 226 posts nesse site..

Kaliel, 19 anos, estudante de jornalismo na Universidade Anhembi Morumbi.

BetWarrior


Poliesportiva


Kaliel Serafin
Kaliel Serafin
Kaliel, 19 anos, estudante de jornalismo na Universidade Anhembi Morumbi.

Artigos Relacionados

Topo