Apito amigo? Pênalti para Manchester United movimenta redes sociais

Nesta segunda-feira (10), o Manchester United enfrentou o Copenhagen pelas quartas de final da UEFA Europa League. Como resultado, conquistou a classificação na prorrogação com um pênalti discutível e que levou a um grande debate nas redes sociais. Com a penalidade, o clube se tornou a equipe que mais teve penalidades a seu favor nas cinco principais ligas europeias.

Após a igualdade no tempo normal o jogo foi para a prorrogação. Assim, o zagueiro do clube dinamarquês Bjelland, derrubou o atacante Anthony Martial dentro da área e o árbitro marcou a penalidade. Logo após o lance foi checado pelo VAR e confirmado. Na cobrança, o português Bruno Fernandes converteu e abriu o caminho para o Manchester United chegar às semifinais.

Todavia, o lance revoltou diversas pessoas nas redes sociais, com muitos dando a entender que existe um favorecimento ao Manchester United, pois com a cobrança o clube se tornou o mais ”beneficiado' com penalidades (21) entre os clubes da 1ª Divisão das principais ligas europeias. A informação foi publicada pelo twitter oficial da Bleacher Report.

https://twitter.com/BleacherReport/status/1292933691858132992?s=20

Diversos usuários da rede social Twitter, mostraram sua frustração com a penalidade marcada a favor do Manchester United. Assim, houve frases como ”se não é roubado não é United” e uma séries de memes dando a entender que o VAR é “amigo”.

MANCHESTER UNITED NA SEMIFINAL

O Manchester United entra em campo pelas semifinais da Europa League no próximo domingo (16), o adversário será conhecido no confronto entre Wolverhampton e Sevilla, que medem forças na terça-feira (11), às 16h (horário de Brasília). Enquanto isso, no outro lado da chave a Internazionale conquistou a classificação para a próxima fase.

Foto Destaque: Reprodução/Europa League

Alexsander Vieira
O princípio de que o jornalismo deva ser ensinado e que não é racional deixar que o jornalista se forme por si mesmo.
https://bit.ly/3nAiB4l

Artigos Relacionados