Antonio Conte

Após uma boa temporada no comando da Inter de Milão, Antonio Conte tinha tudo pra levar sua equipe motivada ao título da Europa League. A princípio isso não acontecerá, visto que o italiano soltou o verbo contra a diretoria e causa uma indefinição sobre seu futuro no clube. Conte reclamou que o elenco não está sendo valorizado como merece pela diretoria. A reclamação foi feita à emissora ”Sky Italia”.

“Foi um ano duro a nível pessoal, muito duro. Não acho que os jogadores tenham visto o seu esforço reconhecido. Também não acho que o meu trabalho tenha sido reconhecido. Nós tivemos pouca proteção por parte da direção do clube“, declarou Antonio Conte.

“A montanha de m… cai sobre mim e sobre os jogadores. Vi ataques grátis contra a equipe e contra mim e pouca proteção do clube. Esses 82 pontos são merecidos pelos jogadores e por mim. São meus, da equipe e dos jogadores. Deveríamos conversar com o presidente, mas ele está na China, ressaltou o treinador.

Apesar da boa temporada, a declaração de Conte repercutiu na Itália. Nesse sentido, já é cogitado a possível demissão do técnico italiano. Além disso, o nome de Massimiliano Allegri é comentado na imprensa para substituir o atual comandante.

Restante da temporada

A Inter de Milão venceu a Atalanta no último sábado (1º), por 2 x 0, e encerrou sua participação na Serie A. Os Nerazzurri conquistaram o vice-campeonato com 82 pontos, um a menos que a campeã Juventus. Contudo, os italianos voltam a campo na próxima quarta-feira (5), contra o Getafe, às 16h (horário de Brasília), em jogo valendo vaga nas quartas de final da Europa League. Partida essa que será disputada na Veltins Arena, na Alemanha, em campo neutro.

Foto destaque: Reprodução/Getty Images

Gustavo Silveira
Tenho 21 anos, estou no 6° período de jornalismo e escolhi essa área justamente por conta do esporte. Já tive a vivência nessa área em 2018, quando participei da libertadores feminina que foi sediada na minha cidade. Agi como repórter da beira do campo, participei das coletivas de imprensa, entrevistei jogadoras depois do treinamento e escrevi matérias pós jogo de todos as partidas realizadas. Meu ponto forte é a escrita e me inspiro em pessoas de nome como o Rafael Oliveira que hoje está na DAZN. Não importa o setor, afinal garanto fazer de tudo um pouco desde que seja voltado para o esporte!

Artigos Relacionados