Andrés Sanchez pede licença da presidência do Corinthians

Nesta quinta-feira (12), o Presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, solicitou um afastamento do seu cargo dentro da instituição. Contudo, o agora ex-mandatário seguirá atuando como diretor. E com isso, acompanhará nas viagens do clube. Além disso, a ideia por trás, seria homenagear seus vices, sendo assim até o final de seu mandato.

Como está a situação do Corinthians?

Após a promessa cumprida de Andrés, sobre o Naming Rights, a sua atual gestão é dada como ruim pelos torcedores. Consequentemente, problemas de atrasos de salários e compromissos de pagamentos foram problemas recorrentes entre jogadores, clubes e empresas.

Andrés já tinha comentado sobre seu afastamento em alguns programas de televisão. A ideia é fazer uma homenagem a cada um de seus vices, deixando que os dois atuem como presidentes na reta final de seu mandato. Primeiramente, Alexandre Husni assume no mês de Novembro. Além disso, a licença será de um mês e posteriormente renovada em Dezembro, assumindo Edna Murah. Em suma, o clube fez um comunicado sobre o afastamento.

Eleições no CT Joaquim Grava e o candidato de Andrés

Em primeiro lugar, no dia 28 de Novembro, os sócios-torcedores irão escolher o novo ocupante de cargo máximo na instituição. Com isso, o candidato de apoio de Andrés é Duílio Monteiro. Por outro lado, Augusto Melo e Mario Gobbi são a oposição corintiana. Para resumir, o que a torcida do Timão mais cobre na próxima gestão e  a transparência nas contas.

 

Foto Destaque: Reprodução / Caio Rocha / Estadão

Bruno Gabriel
Olá, meu nome é Bruno Gabriel, tenho 21 anos e estudo Jornalismo na Universidade Metodista de São Paulo. Pretendo seguir na área de esportes, é um sonho desde criança. Espero alcançar os maiores eventos esportivos com muita criatividade e bom humor.