Andrés Sanchez diz que Cássio é o “mais injustiçado desde Rivellino”

- Presidente do Timão também afirma que não há chance do goleiro deixar o clube
Cássio

Com a goleada sofrida para o Flamengo, no último domingo (18), na Neo Química Arena, o Corinthians vê sua crise crescer cada vez mais. E assim, a responsabilidade cair em grandes nomes da equipe. Dessa forma, em entrevista depois do final do jogo, o goleiro Cássio desabafou à TV Globo, dizendo que: “no momento que estiver atrapalhando, é melhor procurar outro clube

Com isso, a declaração do goleiro repercutiu bastante, principalmente, pela sua trajetória brilhante e vitoriosa no clube. Então, segundo informações do UOL, o presidente do alvinegro, Andrés Sanchez, afirmou que Cássio não vai deixar a equipe do Corinthians. Porém, o maior representante do clube disse que o camisa 12 é o jogador “mais injustiçado desde Rivellino”

Rivellino é um dos grandes nomes das história do clube paulista. No entanto, a comparação se deu porque o ex-jogador deixou o clube pela “porta dos fundos”. Isso porque, em 1974, o Timão amargava um jejum de 20 anos sem conquistas, que poderia ser derrubado na final do Paulista daquele ano, diante do Palmeiras. Porém, o Verdão superou o alvinegro e o camisa 10 saiu apontado como grande responsável pelo “fracasso” do time.

Logo, Rivellino deixou o clube paulista como o principal culpado pela derrota e sequência do jejum. Com isso, o jogador se transferiu para o Fluminense. Desse modo, os diretores do Corinthians não querem que Cássio repita o mesmo caminho do ex-jogador. O goleiro defende o time há oito anos e participou diretamente de títulos importantes, como a Libertadores e Mundial de Clubes, em 2012. 

Foto destaque: Reprodução/Marcello Zambrana/AGIF

BetWarrior


Poliesportiva


Victor Parrini
Victor Parrini
Como amante de rádio, TV e esportes (principalmente o futebol), esses foram alguns dos motivos que me levaram a escolher o jornalismo para a minha vida. Como jornalista, quero ouvir e contar histórias, porque isso é o que nos move. Aqui exponho meu primeiro contato com a escrita esportiva.

    Artigos Relacionados

    Topo