Andrés Rueda vai rescindir contrato com Robinho

Antes de mais nada, o contrato de Robinho com o Santos vai até fevereiro. O jogador foi condenado em segunda instância por violência sexual de grupo contra uma mulher albanesa, em 2013. Com isso, gerou muita polêmica em torno do Santos, que até então havia apenas suspendido o contrato do jogador. No entanto, Andrés Rueda vai rescindir com o atleta, em breve.

ANDRES RUEDA 

Primeiramente, o novo presidente Andrés Rueda deve rescindir o contrato com Robinho nos próximos dias. Durante sua campanha para presidência do Santos, o até então candidato havia dito que este era um caso encerrado e caso vencesse a eleição iria rescindir com o atacante.

De antemão, em entrevista coletiva nesta sexta-feira (15), o presidente Andrés Rueda disse que o caso já está com o departamento jurídico do Santos. Com isso, vai chamar a advogada Marisa Alija, empresária do jogador, para rescindir o contrato.

 “O contrato dele vence agora em fevereiro. Já conversamos com ele. Ele já sabe da nossa intenção de romper ou terminar essa relação profissional com o Santos. E isso está com o nosso departamento jurídico para chamar a advogada dele e encerrar essa questão” disse Rueda.

CONTRATO

Primeiramente, o Santos assinou com Robinho há pouco menos de dois meses, no dia 10 de outubro. Antes de mais nada, o atleta fechou pelo salário simbólico de R$ 1.500. Por outro lado, havia cláusula de bonificação para o atleta: bônus de R$ 300 mil após 10 jogos e mais R$ 300 mil depois de 15 jogos. Além disso, tem a opção da prorrogação do contrato por mais um ano e sete meses.

No entanto, o “contrato” durou apenas seis dias. Isso devido ao processo de Robinho, que está correndo na Itália. Portanto, o jogador e seu amigo, Ricardo Falco, foram condenados em primeira e segunda instância a nove anos de prisão por violência sexual coletiva.

CONDENAÇÃO

O caso aconteceu numa boate de Milão, chamada Sio Café, na madrugada do dia 22 de janeiro de 2013. Além de Robinho e Ricardo Falco, outros quatro brasileiros teriam participado do ato. A Procuradoria de Milão classificou como violência sexual. Posteriormente, ao ser interrogado, em abril de 2014, Robinho negou a acusação. Por outro lado, o atleta admite que manteve relação sexual com a vítima.

Muitas gravações de ligações telefônicas entre os acusados, feitas com autorização da Justiça, foram transcritas na sentença. Uma das mais decisivas para a condenação foi uma conversa de Falco com Robinho, que indicou ao tribunal que os envolvidos tinham consciência da condição da vítima.

Foto Destaque: Divulgação/Santos FC

Alef Sousa
Sempre fui apaixonado por esportes, especialmente futebol. E vi através do jornalismo uma oportunidade de estar trabalhando com a minha Paixão. Estou no 5º Semestre da faculdade de Jornalismo. Meu grande Objetivo é torna-me repórter de campo e cobrir grandes competições. Sou um cara, extrovertido, animado, comunicativo e cheio de vontade de aprender.

Artigos Relacionados