Barros

O diretor executivo do Botafogo, Anderson Barros pediu demissão do clube para acertar com o Palmeiras. Sobretudo, é o que se especula nas redes sociais de vários blogs oficiais. Todavia, não é de hoje que sua saída vem se desenhando. Posteriormente, após a demissão de Alexandre Mattos, a sondagem do time paulista em cima do  cartola se intensificou.

Em suma, o interesse palmeirense surgiu assim que o desligamento de Mattos foi confirmado. Anteriormente, o clube havia tentado contato com outros dirigentes, como Thiago Scuro, do Bragantino, Diego Cerri, do Bahia e até Alexandre Pássaro, do rival São Paulo. Entretanto, ambos não sinalizaram ao contato palestrino. Após a negativa, o Verdão foi em busca de Barros e ao que tudo indica, dessa vez obtiveram sucesso.

No comando do Fogão desde 2018, com a rescisão, Barros encerra sua segunda passagem pelo clube carioca em meio a criticas de torcedores. Em outra ocasião, havia comandado a equipe entre os anos de 2009 a 2012, no qual conquistou admiração ao trazer  jogadores de alto-nível como Seedorf, Renato, Nicolás Lodeiro e Maicosuel. Nesse ínterim, Barros se sagrou como um grande profissional competente aos torcedores.

De outrora, na atual temporada, operou com orçamento abaixo do esperado durante todo ano de 2019. De antemão, chegou a vender Matheus Fernandes ao próprio Palmeiras por 17 milhões, assim mantendo a porcentagem de passe dos cariocas no azul.

Desembarcando em São Paulo, a realidade de Anderson Barros passa a ser diferente. Ao que tudo indica, para 2020 o Palmeiras planeja montar um elenco consistente e campeão. Começando pelo desejo no técnico do Santos, Jorge Sampaoli que pode pintar na equipe a qualquer momento. Desse modo, Barros terá uma receita considerável para montar um elenco de qualidade.

FOTO DE DESTAQUE:  Fábio Castro / Agência AGIF

Karine Gommes
Se o céu é o limite, então voe, irmão! Sou jornalista em formação do 7° semestre pela Universidade Cruzeiro do Sul. O jornalismo surgiu em minha vida, quase que simultaneamente, com a minha paixão por esportes. Necessitava viver aquilo. Assim, fui atrás. Conforme conhecia o profissão, pude visualizar quão ampla é. Apesar de ser apaixonada por esportes, eu quero vivenciar todas as vertentes que o jornalismo me proporcionar. Estou aqui para fazer jus ao meu grande sonho. Prazer, sou Karine Gommes ;)

Artigos Relacionados