Milan Atalanta

No último domingo (22), pela 17ª rodada da Serie A TIM, a Atalanta não tomou conhecimento do Milan, e no Gewiss Stadium, venceu por 5 x 0. Este resultado chocou o mundo, pois era uma das equipes de maior tradição do planeta, sendo goleado por um time que está disputando sua primeira UEFA Champions League nesta temporada. Entretanto, atualmente, é um resultado que até pode se esperar. Primeiramente, porque os Nerazzurri fazem história nos últimos anos. Além disso, os Rossoneros entram numa crise cada vez mais profunda com o passar do tempo.

ASCENSÃO DA ATALANTA E QUEDA DO MILAN NAS ÚLTIMAS TEMPORADAS

É de certa forma estranho dizer que hoje, os bergamistas estão um degrau acima dos milaneses. Entretanto, é visto na maneira de jogar das duas equipes, completamente opostas umas das outras. Além disso, desde a chegada de Gian Piero Gasperini ao comando da Atalanta em 2016, o time só se tornou cada vez mais competitivo. Primeiramente, o comandante trouxe uma proposta de jogo ofensiva ao clube. Dessa forma, mesmo sem jogadores badalados, o futebol Nerazzurri encanta, e trouxe grandes campanhas nas ultimas edições da Serie A. Como na última, por exemplo, onde Gasperini levou seu elenco ao 3º lugar e uma inédita vaga a UEFA Champions League.

Por outro lado, o Milan segue caminho contrário ao da Atalanta. Heptacampeão europeu, detentor de 18 títulos italianos, os Rossoneros já não vencem algo desde a Serie A 2011-12. Além disso, não participa da UEFA Champions League desde 2014. Sendo assim, o clube caiu em uma crise financeira, com vários donos diferentes, e sem sair de lugar nenhum. Ainda, não teve uma sequência de trabalho, como Gasperini em Bérgamo. O time de Milão teve vários treinadores durante a década, mas não obteve qualquer resultado, fazendo campanhas medianas no campeonato nacional, longe de sua grandeza.

A ILUSTRAÇÃO DA INVERSÃO DE PAPÉIS DAS DUAS EQUIPES NO 5 x 0

A ilustração de todo o mérito da Atalanta e fracasso do Milan nos últimos anos se deu no último domingo (22), na goleada por 5 x 0. O time de Gasperini teve total controle do jogo, marcando pressão, criando oportunidades, não dando sossego ao adversário. Por outro lado, os Rossoneros de Stefano Pioli não incomodaram a meta de Gollini nos 90 minutos, e não apresentavam repertório nenhum para incomodar seu oponente. Ainda mais na segunda etapa, que foi quando o placar elástico se desenhou.

Dessa forma, não é manchar a história Rossonera, tampouco, superestimar os Nerazzurri, dizer que hoje, a Atalanta está degraus acima do Milan, com um trabalho duradouro, dando resultados inéditos ao clube. Por outro lado, a fraca gestão de seus donos estrangeiros e ex-atletas fazem com que o heptacampeão europeu caia patamares ainda maiores em sua história.

Foto destaque: Divulgação/Atalanta/Twitter

Avatar
Caíque Ribeiro
Olá, eu sou Caíque Ribeiro, tenho 20 anos e a paixão por esportes corre em minhas veias, sobretudo, o futebol. Um amante do futebol tanto brasileiro, quanto europeu e ainda sim, do alternativo. Tendo como maior jogador que vi jogar, Ronaldinho Gaúcho e grandes memórias futebolísticas. Estou cursando jornalismo pela Universidade Anhembi Morumbi. Quando criança,sonhava em ser jogador de futebol,mas a vida me planejou outros rumos. Desde então, decidi juntar duas paixões: a paixão por escrever e a paixão pela pelota, e seguir nessa jornada,sempre disposto a trazer a informação de forma correta e apurada ao público. Além de futebol, escrevo e sou comentarista sobre basquete na Rádio Poliesportiva. Instagram: @caiqueribero, Twitter: @CRSousa5

Artigos Relacionados