Montevideo, Uruguay, 31 de Agosto 2019. Liverpool vs Plaza Colonia. Grupo B del Torneo Intermedio. Estadio Belverdere. Foto: Dante Fernandez / FocoUy

Se o ex-jogador Darío Silva pensa que Óscar Tabárez é “um inútil e irrelevante”, Álvaro Fernández pensa completamente diferente. O atual jogador do Plaza Colonia e também ex-jogador da Seleção Uruguaia, garantiu que o processo inciado desde a chegada de Tabárez “mudou o futebol uruguaio”.

Em entrevista concedida na ‘Rádio Cooperativa‘, do Chile, Álvaro disse que embora não tenha muitas conquistas nas copas, gerou uma mudança muito grande no futebol uruguaio. Além disso, reforçou que a forma de trabalho de Tabárez transmite tranquilidade aos jogadores, pelo trabalho ser muito sério, colocando a equipe acima de tudo. Valorizando também a identificação dos jogadores com o treinador da seleção celeste “eles o defendem até a morte”.

Fernández relembrou a partida em que o Uruguai venceu a seleção de Gana na Copa de 2010 na África do Sul. “É uma das mais emocionantes das Copas do Mundo. Ser iniciante e participar desse jogo foi incrível, tudo parecia uma novela… É um jogo que me marcou por toda a vida“. Recentemente, Dário Silva disse que Óscar Tabárez é um inútil, em vencer um título em 14 anos pela seleção do Uruguai. Por fim, terminou dizendo que treinador não acrescentou em nada para os uruguaios…

ÁLVARO FALOU SOBRE SEU FUTURO

Álvaro Fernández, aos 34 anos, está no Plaza Colonia desde julho do ano passado, quando deixou o Rampla Juniors, que viria a ser rebaixado na temporada passada. Ao ser questionado sobre o futuro dentro do futebol, o meia-campista diz estar fazendo o curso de treinador para permanecer na profissão.

 “Sinto-me muito bem em continuar jogando, mas pensando no futuro, gostaria de estar vinculado. Estou fazendo o curso de treinador e, quando sair, veremos como eu continuo”, finalizou.

Com passagens por outros 13 clubes pelo mundo, Álvaro acumula 320 partidas oficiais, nos quais marcou 34 gols e distribuiu 27 assistências, grande parte em competições da Major League Socer. Com a camisa celeste, chegou a realizar 12 partidas, a última foi na derrota para a Bolívia por 4 x 1, em outubro de 2012.

 Foto destaque: Dante Fernandez/FocoUy

Thiago Lopes
Thiago Lopes, 20 anos. Estudante de jornalismo - 6º semestre.