Alianza Lima x UTC – Vitória dos mandantes ou título do líder

- A única chance do título do Apertura ser tirado das mãos do Sporting Cristal é o time de Lima vencer em casa e ficar a dois pontos de distância com apenas uma rodada a ser disputada

Em jogo adiado da 9ª rodada do Apertura Peruano, o Alianza Lima recebe a UTC Cajamarca, hoje (23), no estádio Alejandro Villanueva, mais conhecido como Matute, às 22h (horário de Brasília), em confronto onde só a vitória interessa, pois, caso percam, o líder Sporting Cristal será campeão com uma rodada de antecedência. Por outro lado, o triunfo diminui a diferença para dois pontos, deixando o título em aberto para a última rodada.

Alianza Lima

O treinador Pablo Bengoechea não pensa em desistir de seu objetivo de alcançar o título do Apertura. Ainda que, para isso, deva vencer a UTC e também o Binacional na última rodada. Além disso, precisam torcer para que o Sporting Cristal perca para o Sport Rosario. Se o líder empatar e Los grones vencerem, eles iriam para uma partida extra.

“Sabemos que isso não depende apenas de nós, mas ainda temos esperança, tudo depende do que faremos contra a UTC, em Matute, para revertê-la”, disse o técnico do Alianza Lima na última entrevista coletiva.

Os anfitriões não perdem em casa desde o último dia 7 de abril. Disputaram 11 jogos, com nove vitórias e dois empates. Para este jogo, o Maestro colocará seu ataque nos pés de Mauricio Affonso. O atacante uruguaio mostrou em poucos jogos ser um jogador letal. Os resultados falam por si: com 248 minutos em campo, em cinco duelos, marcou três gols. É um centroavante que sabe se movimentar por toda a frente de ataque, sabe trocar passe e tem faro de gol.

A única dúvida é no gol. Leao Butrón teve uma lesão no ombro, mas o goleiro queria estar no jogo. O experiente jogador aparece na lista de convocados e pode pintar como surpresa na peleja. Se não jogar, Daniel Prieto entra.

https://twitter.com/ClubALoficial/status/1032637476765147138?s=19

Provável escalação: Daniel Prieto; Luis Garro, Hansell Riojas, Gonzalo Godoy e José Guidino; Tomás Costa, Rinaldo Cruzado, Maximiliano Lemos e Roberto Villamarín; Alejandro Hohberg e Mauricio Affonso. Técnico: Pablo Bengoechea.

UTC

A UTC está na 5ª posição na tabela do Apertura e não briga por mais nada na competição, podendo chegar, no máximo a vice-liderança. O time vem de três jogos sem perder, sendo duas vitórias e um empate. Na última partida, triunfo sobre o Unión Comercio por 3 x 2, fora de casa. Entretanto, o clube briga por vaga na Copa Sul-Americana em 2019, por estar na 8ª colocação na tabela geral. Contudo, uma derrota deixa o Sport Rosario a apenas quatro pontos de distância da sua zona de classificação, da qual são os últimos, com 41 pontos. Porém, uma vitória os colocaria em uma zona de classificação para os playsoffs da Taça Libertadores da América, o que dá ares de ainda mais rivalidade ao confronto. O capitão da UTC disse que vai tentar a vitória contra o Alianza Lima:

“Tivemos uma partida dura contra a Unión Comercio, em Moyobamba, na segunda-feira. A viagem lá é pesada porque são quase três horas de ônibus, depois fomos para Tarapoto e Lima. Voltamos a Cajamarca ontem e voltamos a viajar à tarde, então é um desperdício, mas acho que vamos ficar bem”.

Quanto à motivação, sabendo que eles não têm mais chances no Torneio Apertura , ele comentou o seguinte:

“Você sempre quer vencer todas as partidas. É uma motivação extra poder vencer em Matute. Sabemos que é um adversário difícil, mas estamos bem, lutando nos primeiros lugares neste torneio e no acumulado estamos muito perto do segundo lugar. Nós tivemos resultados importantes para os visitantes. Vamos procurar o triunfo”.

Provável escalação:  José Carvallo; Diego Minaya, Brayan Flores, Luis Cardoza e Willy Pretell; Jorge Murrugarra, Benjamin Ubierna, Roberto Guizasola e Donald Millán; Brayan Guevara e Adrian Ugarriza. Técnico: Franco Navarra.

Retrospecto

As equipes já se enfrentaram 16 vezes em toda a história, sendo oito vitórias para o Alianza Lima, cinco derrotas e três empates. Nos duelos como mandante, o aproveitamento sobe de 50% para 62%, tendo cinco vitórias, dois empates e somente uma derrota. Porém, nos dois jogos que fizeram em 2018, o primeiro, em Matute, deu empate de 1 x 1 e o segundo, em Cajamarca, vitória da UTC por 1 x 0. No histórico de confrontos o visitante só venceu quatro vezes, três delas foi o time de Lima. A única vitória dos visitantes de hoje, jogando fora, foi em 2016, por 1 x 0.

Eric Filardi

Sobre Eric Filardi

Eric Filardi já escreveu 1224 posts nesse site..

Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 27 anos, jornalista pós-graduado em Jornalismo Esportivo e apaixonado por futebol. Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, Peixe, Palestra e Timão. Sou da Colina, Glorioso, Flu e Mengão. Sou brasileiro, hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 x 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões. Sou Clássico das Multidões. Sou Sul, Nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, Raposa, Bavi e Grenal. Sou Ásia e África. Sou Barça e Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia: sou Futebol na Veia.

BetWarrior


Eric Filardi
Eric Filardi
Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 27 anos, jornalista pós-graduado em Jornalismo Esportivo e apaixonado por futebol. Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, Peixe, Palestra e Timão. Sou da Colina, Glorioso, Flu e Mengão. Sou brasileiro, hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 x 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões. Sou Clássico das Multidões. Sou Sul, Nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, Raposa, Bavi e Grenal. Sou Ásia e África. Sou Barça e Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia: sou Futebol na Veia.
http://www.ericfilardi.com.br

Artigos Relacionados

Topo