No último fim de semana, Kun Aguero surpreendeu o mundo ao anunciar sua saída do Manchester City. O maior artilheiro do clube inglês, terá sua passagem interrompida após 10 anos de time. Mas a pergunta que não quer calar é: para onde irá o atacante?

Com 257 gols marcados pelos Cityzens, o atleta de 33 anos tem prováveis destinos. Dentre eles, como sempre, a MLS é um dos mais cotados entre jogadores de topo no futebol. Segundo a reportagem do Uol Esportes, os clubes de Los Angeles (Galaxy e LAFC) estão se preparando para lançar uma proposta ao astro.

Entretanto, a disputa será acirrada pelo argentino, afinal, grandes clubes do mercado europeu podem ter a mesma iniciativa. Juventus, PSG, Chelsea e Barcelona sonham contar com Aguero para a próxima temporada.

Enquanto isso, correndo por fora nessa disputa, o Independiente da Argentina também quer ter Aguero no seu elenco, e não medirá esforços. Diferente dos outros rivais, acompanha de longe a disputa e caso tenha a oportunidade, poderá entrar forte.

Com todos esses caminhos a seguir, o mais certo é que Aguero seguirá um novo rumo na carreira. Por fim, vale ressaltar que além de todos os gols feitos em solo inglês, o atacante tem 41 gols, em 97 jogos com a camisa da Argentina, disputou três mundiais e foi vice-campeão da Copa América de 2016. Na base alviceleste, ele conquistou a Olimpíada de 2008 contra a Nigéria.

Avatar
Ruan Silva
Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.