“Agradece”: Tite rejeita Seleção Brasileira

Na mesma semana em que bancou o técnico Dunga, a CBF procurou Tite para assumir a Seleção Brasileira. A informação é do jornalista Martín Fernandez, do GE. Em negociação realizada por intermediários da CBF e do treinador corintiano, Tite teria recusado o cargo. Não houve contato direto entre as partes. O técnico do Corinthians teria dito que não se vê confortável em abandonar a equipe paulista no meio de uma competição importante como a Libertadores, para se aventurar na Seleção. Gilmar Rinaldi teria se posicionado contra a opção da Confederação, pois defende a continuidade de Dunga no cargo.

A relação conturbada entre Gilmar Rinaldi e Tite pode ter sido um dos fatores que levaram o técnico a não aceitar o convite da CBF. Há informações de bastidores de que o próprio Tite teria dito que não trabalharia na seleção enquanto Rinaldi fosse o coordenador geral de seleções.

Embora Tite queira “subir um degrau” para alcançar outro patamar como treinador, o que não conseguiu quando deixou o Corinthians em 2014, ele entende que hoje, aceitar um cargo na Seleção pode não ser o melhor caminho para conseguir isso. Após ter deixado o comando da equipe do Parque São Jorge, Tite almejava treinar uma equipe de grande ou médio porte da Europa, além de esperar o convite da própria Seleção, o que nunca aconteceu. Dunga foi chamado para ser o treinador enquanto as propostas do exterior nunca vieram de grandes mercados. Aspirava comandar algum clube italiano ou espanhol, mas o mercado que se abriu para ele foram o chinês e ‘mundo árabe’. Preferiu esperar, estudar e voltar, em grande estilo, para o Corinthians.

Capacidade e qualificação, Tite já provou que tem de sobra. Mas não é bobo. Não age no calor do momento e sabe que, mesmo que a Seleção o projete para o mundo como o bom técnico que é, o ambiente que envolve a entidade máxima do futebol brasileiro é conturbado. Em sua concepção, vale a pena esperar, continuar trabalhando em um clima mais agradável no clube paulista, continuar disputando títulos e quem sabe, posteriormente, alçar voos mais altos sendo enfim técnico da Seleção ou de um grande clube Europeu.

Avatar

Sobre Miguel Deak

Miguel Deak já escreveu 23 posts nesse site..

Entusiasta do futebol moderno mas sem esquecer de sua época romântica, começou tarde nesse esporte ludopédio. Aos 13 anos "descobriu" o futebol Europeu após assistir um Sevilla x Barcelona, em 2003, e se tornou ,desde então, apaixonado pelo esporte bretão, com um carinho especial pelo time da Catalunha. VISCA EL BARÇA! Amante do 4-3-3 mas que respeita a decisão de quem prefere o 4-4-2, não admite que profissionais batam escanteio a meia altura e detesta lateral cobrado na área.

BetWarrior


Poliesportiva


Avatar
Miguel Deak
Entusiasta do futebol moderno mas sem esquecer de sua época romântica, começou tarde nesse esporte ludopédio. Aos 13 anos "descobriu" o futebol Europeu após assistir um Sevilla x Barcelona, em 2003, e se tornou ,desde então, apaixonado pelo esporte bretão, com um carinho especial pelo time da Catalunha. VISCA EL BARÇA! Amante do 4-3-3 mas que respeita a decisão de quem prefere o 4-4-2, não admite que profissionais batam escanteio a meia altura e detesta lateral cobrado na área.

    Artigos Relacionados

    Topo