Agora vai? Boca Juniors pode soltar grito de campeão hoje

- Em La Plata, Xeneize enfrenta o Gimnasia em jogo suspenso pela 25ª rodada; empate já garante o bicampeonato para os boquenses
Boca Juniors

Superliga Argentina de Futebol no meio da semana?! Não é comum, mas é isso mesmo! Racing x Arsenal de Sarandí e Gimnasia de La Plata x Boca Juniors são os duelos que vão deixar esta quarta-feira “caliente”. Detalhe, o empate já garante o bicampeonato para o Xeneize. Esses dois embates são jogos suspensos, válidos pela 25ª rodada, que eram para ter acontecido no dia 29 de abril. As partidas foram adiadas por causa da forte chuva que atingiu a Região Metropolitana de Buenos Aires. A previsão do tempo para esta quarta-feira é de pancadas de chuva – caso seja necessário suspender os jogos novamente, serão remarcados para esta sexta-feira. O campeonato argentino vai para a 27ª e última rodada neste fim de semana. Confira as principais informações dos jogos de hoje!

JOGOS SUSPENSOS DA 25ª RODADA – SUPERLIGA ARGENTINA

09/05 – QUARTA-FEIRA

Racing x Arsenal de Sarandí – 17h

Rumo à Libertadores 2019! O Racing vai com tudo para cima do rebaixado Arsenal de Sarandí, no estádio El Cilindro, em Avellaneda, na província de Buenos Aires. Só a vitória interessa para a equipe celeste, que briga por vaga na maior competição de clubes das Américas. La Academia está na sétima posição, com 42 pontos, a quatro do quinto colocado, o Independiente (46). No momento, tem duas vagas em aberto.

Contando com o duelo contra o Arsenal, que é o 27º colocado (17), o Racing tem duas partidas, podendo chegar a 48 pontos. O time do técnico Eduardo Coudet precisa triunfar os dois jogos, e ainda torcer para que o Huracán (quarto colocado, com 47 pontos) ou o Independiente tropecem. Sem contar que vai ter que secar o Talleres, que é o sexto colocado, com 45 pontos. Lautaro Martínez, Ricardo Centurión e Lisandro López estão confirmados. Juntos, eles fizeram 25 dos 43 gols do clube celeste nesta Superliga. Confira o histórico do confronto entre la Academia e el Arse.

Prováveis escalações

Racing: J. Musso; R. Saravia, M. Barbieri, G. Piovi e A. Soto; N. Domínguez ou M. Meli, R. Centurión, D. González ou M. Zaracho e N. Cardozo; L. Martínez e L. López. Técnico: Eduardo Coudet.

Arsenal de Sarandí M. Aquino; G. Ferreyra, M. Curado, F. Monteseirín e F. Milo; E. Purita, D. Drocco, A. Antilef e G. Alanís; S. Lomónaco e F. Quintana. Treinador: Sergio Rondina.

Gimnasia de La Plata x Boca Juniors – 19h15

Sem ambições nesta Superliga, o Gimnasia está na 24ª posição, com 23 pontos. Os platenses não têm nada a perder! Por isso mesmo, este embate pode ser complicado para o Boca Juniors. El Lobo joga em casa, no estádio Del Bosque, em La Plata, na província de Buenos Aires. A motivação dos anfitriões é justamente não deixar que os xeneizes comemorem o título bem no quintal deles. No entanto, a situação dos boquenses está bem favorável. A equipe do técnico Guillermo Schelotto está na liderança, com 56 pontos, e o empate já é o suficiente para ser campeã. O vice Godoy Cruz (53) não alcançaria mais os xeneizes.

El Lobo fez uma campanha ruim na segunda metade da Superliga. Os platenses estão há oitos jogos sem vencer, sendo que perderam seis. O técnico Nicolás Ortiz vem tentando acertar o time, que é jovem, para a próxima temporada. Já o Boca está na liderança há mais de 500 dias, bateu recordes de vitórias seguidas e tem um time experiente prestes a conquistar o bicampeonato. Tevez, Pavón e Wilmar Barrios estão confirmados para esta partida. Confira o histórico do confronto entre Gimnasia e Boca Juniors.

Bicampeonato, agora vai?! Se o Boca for campeão nesta partida, vão ter medalhas e troféu no estádio Del Bosque. Mas a diretoria boquense planejou uma festa e garantiu que vão comemorar em La Bombonera. Portanto, o time iria de La Plata à Buenos Aires, logo em seguida do duelo contra o Gimnasia, para celebrar com os torcedores. O bicampeonato seria o 33º título de campeonato argentino para o Boca Juniors (o River Plate tem 36). Para o técnico Guillermo Schelotto, essa conquista seria o segundo título argentino (2016/2017 e 2017/2018) e o terceiro como treinador (Sul-Americana 2013 com o Lanús). E Carlitos Tevez?! O ídolo boquense pode conseguir seu sétimo título pelo Boca, o que seria o terceiro campeonato argentino (2003 e 2015).

Há 21 anos os gêmeos Schelotto estavam no Gimnasia enfrentando o Boca O atual técnico do time Azul y Oro, Guillermo Barros Schelotto, e seu auxiliar Gustavo Barros Schelotto, foram revelados pelo Gimnasia de La Plata. Coincidentemente, no dia 9 de maio de 1997, Guillermo e Gustavo, juntos, enfrentavam pela última vez o Boca Juniors, defendendo a camisa do Gimnasia. El Lobo perdeu de 6 a 1. Mas os gêmeos até que jogaram bem e chamaram atenção. Mais tarde, no mesmo ano, em agosto, os irmãos Schelotto foram para o Xeneize. Gustavo era volante e teve uma breve passagem por La Bombonera (65 jogos e seis gols). Já Guillermo era atacante e fez história com as cores Azul y Oro (300 jogos, 87 gols e 16 títulos, incluindo quatro Libertadores e dois Mundiais).

Prováveis escalações

Gimnasia de La Plata: A. Arias; F. Oreja, M. Guanini, M. Coronel e M. Melluso; E. Bonifacio ou N. Dibble, F. Rinaudo, L. Faravelli ou B. Alemán, N. Colazo e M. Gómez; N. Contín. Treinador: Nicolás Ortiz.

Boca Juniors: A. Rossi; L. Jara, S. Vergini, L. Magallán e F. Fabra; N. Nández, W. Barrios, P. Pérez e C. Tevez; C. Pavón e R. Abila. Treinador: Guillermo Barros Schelotto.

CLASSIFICAÇÃO

[soccer-info id='12' type='table' /]

BetWarrior


Poliesportiva


Vitor Hugo Souza
Vitor Hugo Souza
Futebol é legal. Jornalismo também. Então, faz as contas ⚽��❤ Sou Vitor Hugo Souza, jornalista formado, eterno jogador do “10 minutos ou dois gols”, e em busca da onda perfeita. Chuteiras nos gramados, jogos decisivos, golaços, dribles, time do coração, bastidores, torcida, emoção, tudo isso mexe com o imaginário. Mais do que um esporte, é futebol na veia.

    Artigos Relacionados

    Topo