Agente afirma que Özil recebeu ofertas de diversos clubes, mas que ficará até o final do contrato com o Arsenal (Foto: Reprodução/Getty Images)

Mesut Özil voltou a ser assunto na Inglaterra. Assim, dessa vez seu agente, Erkut Sogut, afirmou em entrevista que o meia recebeu propostas de clubes de todas as partes do mundo, mas que o alemão cumprirá seu contrato com o Arsenal até o fim. Nos Gunners, o atleta não entra em campo em uma partida oficial desde março deste ano e está afastado do resto do elenco por Mikel Arteta.

Recentemente, o nome do meia esteve fortemente ligado ao Fenerbahçe, da Turquia. Assim, o representante do jogador revelou que tem conversado frequentemente com os turcos, mas que a mudança deve ocorrer somente na metade de 2021.

https://twitter.com/VBETnews/status/1339985952152956929

“Mesut tem mais seis meses de contrato com o Arsenal. Certamente ele perdeu o futebol. Atualmente, está trabalhando duro para vestir a camisa do Arsenal novamente e vai continuar a trabalhar. Gostaria de deixar claro a nossa situação em relação ao Fenerbahçe. Sim, tivemos reuniões com eles. Tivemos uma conversa cara a cara com as principais pessoas do clube. No entanto, não podemos ter conversas oficiais de transferência antes de janeiro. Recebemos ofertas de traslados para Mesut de todo o mundo.O interesse do Fenerbahçe também é conhecido. Nada mudou para Mesut agora. Nessas circunstâncias, parece que Mesut vai terminar a temporada no Arsenal”, afirmou o agente.

Por fim, os resultados ruins do Arsenal na temporada têm feito com que Mikel Arteta repense sua decisão em deixar Özil afastado. Dessa forma, o espanhol deu dicas que pode reintegrar o meia em fevereiro, quando novas inscrições podem ser feitas pelos times na Premier LeagueAlém disso, a imprensa europeia revelou que os Gunners pensam em uma renovação com o jogador.

Foto Destaque: Reprodução/Getty Images

Renan Liskai
Muito prazer! Sou Renan Liskai, paulista, natural de Santo André. Desde 1998 falando, respirando, sorrindo, chorando e enlouquecendo por futebol. A vida de goleiro não deu certo, mas o jornalismo sempre esteve ali. Descobri que se não podia estar dentro de campo ou das quadras, eu poderia estar do lado de fora, mas sempre vivendo tudo isso. Sou daqueles que não perde um jogo de futebol por nada, seja ele qual for. Costumo dizer que esse esporte é assunto mundial e que não há uma pessoa no mundo que nunca tenha falado sobre tudo que acontece dentro e além das quatro linhas. Assim como todo mundo, carrego uma história e experiências. Sou filho, irmão, neto, amigo e sempre serei um eterno aprendiz dessa vida.

Artigos Relacionados