abel

Em suma, após o final da partida que classificou o Palmeiras à final, Abel Ferreira extravasou sua emoção na beira do campo. Decerto, o treinador vibrou e comemorou junto ao seus jogadores, demonstrando união e comando sobre o elenco. Usando de estratégia muito criticada, o português fez questão de pedir respeito ao seu trabalho e aos jogadores do Verdão:

“Estou aqui para defender nossos jogadores. Nós fazemos de tudo para engrandecer o clube, e não só eu, todos que passaram pelo Palmeiras. O Abel, com seus erros, virtudes, equipe técnica, está conseguindo elevar o clube com uma mescla de homens. Podemos não ganhar nada esse ano, mas merecem respeito. Respeito”.

Decerto, além do pedido de respeito, Abel fez questão de alfinetar alguns torcedores que o criticam por conta de sua postura. Em suma, para o treinador, os verdadeiros palmeirenses já o reconhecem como parte importante da equipe:

“Eu já convenci os torcedores do Palmeiras de coração. Os de interesse, ninguém vai convencer. Os que gostam de coração já convenci há muito tempo. E convenço nas derrotas e nas vitórias. O verdadeiro palmeirense se vê nos momentos difíceis, e é para eles que dedico a classificação, para os que apoiam em todo o momento. Eu amo o clube, meus jogadores, as pessoas que trabalham no clube, e estou aqui por eles até o final. Ser do Palmeiras é ser diferente. Se o torcedor não entender isso, estaremos sempre nessa guerra”.

Foto destaque: Reprodução/Palmeiras

Robert Ferreira
Sou o Robert! Fiz jornalismo para vivenciar histórias, estar dentro dos fatos e o principal, ter acesso a verdade, sempre! O esporte sempre esteve na minha vida, e unir a escrita com o futebol seria é o ideal de vida. Escrevi para redação do jornal universitário além de atuar fortemente nas redes sociais com posicionamentos sobre cultura negra. Sujeito calmo com o objetivo de ganhar o mundo!