A possível volta do Canhão da Vila

O zagueiro Alex, cujo contrato com o Milan é válido até o próximo dia 30, está de férias e faz treinamentos no CT do Santos para manter a forma física. O presidente do clube, Modesto Roma Júnior, aproveita a estadia do zagueiro no Brasil para negociar sua contratação.

Alex completa 34 anos hoje, dia 17 de junho, é experiente, tem bagagem internacional e identificação com o clube. Ademais, fazia parte do elenco santista na última vez em que o Alvinegro praiano conquistou o Brasileirão e viria sem custos. O entrave para o acerto é a questão salarial: no Milan, Alex recebia R$ 700 mil mensais; no Santos, o teto salarial é de R$ 200 mil, mas Modesto Roma cogita pagar R$ 350 mil para o zagueiro.

O retorno de Alex ao Santos é improvável. Talvez o zagueiro não seja cobiçado por clubes do primeiro escalão europeu, mas ainda tem mercado no velho continente.

Além disso, caso retorne, cabe ao torcedor santista cautela. Sem dúvida alguma, o zagueiro não é o mesmo que deixou o Santos em 2004. O atleta, cujo apelido é Canhão da Vila, devido os fortes chutes em cobranças de falta, voltaria com status de líder e ”xerifão” da zaga, mas sua contratação não deixaria de ser uma aposta.

Quanto a isso, alguns fatores merecem ser elencados.

Na Europa, o beque jogou em alto nível no PSV, no Chelsea e no PSG, mas no Milan, não se destacou. Primeiro porque o futebol italiano tem decaído, mas também porque o clube rossonero não é mais o protagonista na disputa do Calccio. Além disso,não se sabe ao certo a real condição técnica do zagueiro e, aos 34 anos, os riscos de lesão são iminentes. Entretanto, o ídolo santista seria titular pelo nome que tem e por ser, na teoria, melhor que Gustavo Henrique e David Braz.

BetWarrior


Poliesportiva


André Siqueira Cardoso
André Siqueira Cardoso
Sou André Siqueira Cardoso, tenho 21 anos. Aluno de jornalismo da Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP), atualmente trabalho em VEJA, com a cobertura do noticiário político. Apaixonado por esportes, jogador de futebol até hoje, tenho o sonho de cobrir uma Copa do Mundo.

    Artigos Relacionados

    Topo