A polêmica de Rodolfo e as contratações de Rhodolfo e Marquinhos

O zagueiro Rodolfo declarou em sua apresentação, após ser contratado pelo Coritiba, que agora está em um time maior. Ele foi apresentado oficialmente para a torcida na quinta-feira (8) em um vídeo divulgado no site oficial do Coxa. “É um time grande. Muito diferente do que eu estava. Todo mundo vai ter oportunidades no ano. Então é estar preparado, treinar bem, trabalhar firme e esperar minhas oportunidades”, disse o jogador.

Segundo o site oficial do time, o vínculo de Rodolfo com o Coxa é válido até dezembro de 2022. De acordo com o presidente Samir Namur, Rodolfo foi um dos primeiros nomes para a temporada 2020. O jogador foi a primeira contratação deste ano e treina desde o início da temporada. Sendo assim, no final do ano passado, já com alguns meses de salário atrasado no Paraná, o atleta rescindiu o contrato com o time da Vila Capanema e acertou três temporadas com o Coritiba.

https://twitter.com/Coritiba/status/1215046403585708032

O que disse Rodolfo após contratação?

O defensor se mostrou firme em suas declarações. “Sobre a polêmica, o Coritiba é um clube grande. Não posso fugir disso. Eu sou muito grato ao Paraná. A torcida me acolheu muito bem. Mas foi aquilo que eu falei. São clubes diferentes sim. Um é verde e o outro vermelho e azul. É diferente para mim. Eu vou fazer dessa chance a oportunidade da minha vida”, explicou Rodolfo.

Outra contratação do Coritiba

O ex-Flamengo Rhodolfo foi confirmado para entrar no Coxa. Dessa forma, a contratação do jogador é o oitavo reforço do time para 2020. O atleta de 33 anos estava sem clube após o contrato com o Fla chegar ao fim em dezembro. Sendo assim, chega ao time na quarta-feira (15), pois viajou para o Mundial de Clubes com o Tricolor Carioca e saiu de férias em seguida. O zagueiro foi revelado pelo Athletico e teve passagens pelo Grêmio, São Paulo e Besiktas. Além disso, outras caras novas são o goleiro César, o lateral-direito Lucas Ramon, o zagueiro Caetano, os volantes Nathan Silva e Renê Júnior e o atacante Gabriel.

Contratação de Marquinhos Gabriel

O meia Marquinhos Gabriel entra para a temporada na equipe, emprestado pelo Cruzeiro. O jogador chega para vestir a camisa 10 do Athletico Paranaense. Dessa maneira, o Furacão divulgou a informação sobre a contratação do jogador no dia 9 de uma maneira diferente. O time utilizou um vídeo game para oficializar o novo reforço, chamando a atenção dos torcedores. Na gravação, aparece o meia fazendo a transferência do Cruzeiro para o Athletico. Na sequência, mostra o mesmo marcando vários gols em cima do Coritiba, com jogadas e placares humilhantes. Claro, o vídeo deixou a torcida do principal rival nem um pouco contente.

Antes de Marquinhos, o time havia anunciado o meia Fernando Canesin e Carlos Eduardo, ex-jogador do Palmeiras. Athletico e Cruzeiro vão dividir o salário do meia. Outro reforço para a equipe foi a chegada do treinador Dorival Jr. O técnico, por sinal, foi quem fez o pedido para a diretoria do Furacão para que contratasse o jogador da Raposa.

Um pouco mais sobre Marquinhos

O técnico e o novo jogador de 29 anos já trabalharam juntos no Santos. Em entrevista, o jogador relembrou os bons tempos na equipe. “Lá no Santos, as coisas aconteceram de uma maneira que ficou marcada para mim. Uma das melhores fases da minha carreira foi com ele. Esperamos repetir ou fazer ainda melhor para ajudar o Athletico”, afirmou. Marquinhos teve um bom desempenho em seu passado pelo Peixe, onde fez 44 jogos e marcou nove gols. Além disso, o atleta foi vice-campeão da Copa do Brasil, em 2015.

O Athletico Paranaense tentava contratá-lo há um ano. No começo de 2019, o jogador esteve na mira do Furacão, junto com um time do México e o Grêmio. No entanto, o meia acabou fechando com o Cruzeiro, com quem tem contrato até dezembro de 2021. Em 2019, o jogador disputou 51 jogos, deu sete assistências e marcou quatro gols no Campeonato Mineiro.

Nicoli Suman
Nasci no interior de São Paulo, mas atualmente moro em Londrina - PR. Estou cursando o 3° ano de jornalismo na UEL (Universidade Estadual de Londrina). Dentro do curso tenho muita afinidade com radiojornalismo e telejornalismo. Faço estágio na Rádio UEL e na TV UEL concomitante. Na faculdade, confesso que não tenho nada de experiência em relação ao jornalismo esportivo, mas me identifico muito com a área e estou tentando me inteirar mais sobre o meio que pretendo seguir futuramente. Tenho mais facilidade com esportes mais alternativos como skate (pois prático há uns anos), surf, vôlei de praia, escalada etc. Gosto de futebol, mas não tenho muita experiência na área. Mesmo assim, estou aberta a conhecer e acompanhar mais o esporte para produzir material.

Artigos Relacionados