Ilusão ou Raça?

O São Paulo venceu o Trujillanos-VEN por 6 a 0, com direito a 4 gols de Jonathan Calleri. Jogaram bem ontem? Sim! Mas não se pode deixar iludir com uma vitória de placar elástico sobre um time fraco da Venezuela. O São Paulo mostrou com essa goleada, um time bem formado e jogando um futebol que há muito tempo o torcedor tricolor não via. Tinha entrosamento, tabelas e triangulações, chutes de longa distância, marcação forte, sob pressão no campo adversário. O tricolor mostrou competência técnica e tática na noite de ontem no Morumbi.

Mas o que falar desses jogadores que entraram em campo ontem? Com raça, determinação e um só pensamento: VENCER!
Isso sim é São Paulo Futebol Clube, isso sim é o Tricolor paulista que o torcedor quer ver.
Mas, com todo respeito, vamos com calma. Devemos acordar pra realidade, o time do Morumbi pegou um time totalmente DESORGANIZADO que é o Trujillanos, que não ganhou nenhuma partida na Libertadores e fez o mínimo, goleou. Mas lembrem-se, o SP teve a incompetência de empatar lá na Venezuela, por 1 a 1, e ainda teve a chance de vencer, se Paulo Henrique Ganso não tivesse perdido o pênalti, mas não o fez.

O que dizer da derrota para o The Strongest em casa na primeira rodada? Uma baita falha da marcação. E contra o River Plate? Todos imaginavam uma goleada pra cima do SP, que o time argentino atropelaria. Mas vimos outro jogo. O Tricolor melhor o jogo inteiro, comandando as ações, abriu o placar e cedeu ao empate em outra falha da defesa num gol contra.

Então ratifico, NÃO SE ILUDAM! É uma vitória pro torcedor são paulino comemorar, sim, mas não é hora de gritar “O CAMPEÃO VOLTOU”! Ontem foi uma partida que marcou na história tricolor. Maior goleada do SPFC na história da Libertadores, primeiro vez que Calleri faz mais de dois gols em um mesmo jogo, maior vitória de Edgardo Bauza na Libertadores.

Ganharam com mérito, com todos em campo mostrando trabalho, coisa que faz tempo não vimos, vale ressaltar duas mudanças cruciais deBauza: primeiro a saída do volante Thiago Mendes, que esse ano ainda não mostrou seu futebol, tão elogiado ano passado, para a entrada do jovem João Schmidt, que mostrou segurança, presença de área, bom passe e virada de jogo, e bem na marcação também. O segundo ponto à favor, foi a entrada do atacante Kelvin, na ponta-direita. O jovem de apenas 22 anos, mostrou personalidade e paciência. Foi contratado, ficou na reserva, não reclamou, seguiu trabalhando, buscando seu espaço e quando teve uma oportunidade de entrar nos jogos, foi bem, na medida do possível, e chegou até a marcar o gol de empate, nos acréscimos, contra o Linense, livrando o SP da derrota. E ontem quando teve a sua chance como titular, não desapontou. Foi incisivo, deu profundidade ao time, coisa que ainda não tinha, foi pra cima da marcação, pedalou, driblou, correu, e correu e correu. Além de correr pra atacar, o jovem ainda voltava pra marcar. Longe de ser um craque, mas é hora de elogiar um garoto voluntarioso que compensa a falta de técnica com raça.

Caro torcedor, não é hora de empolgação, é hora de encher o estádio, apoiar o time, gritar muito e fazer barulho na arquibancada. Encham o Morumbi na quarta-feira diante do River Plate. Façam pressão, lotem seu estádio e aí sim, a vitória virá e com a casa cheia, como manda o figurino da Libertadores. Eles tem o Centenário, o SPFC tem o Morumbi, palco de tantas conquistas e mais 16 milhões de corações batendo forte e gargantas empurrando: “Vamos São Paulo, vamos São Paulo, vamos ser campeão!”
Acreditem na classificação, pois vencer os times do grupo 1, só dependem de vocês. Perderam e empataram de bobeira. Se não for um sonho o jogo de ontem… A realidade virá dia 13 de abril.

BetWarrior


Poliesportiva


Christian Yarzon
Christian Yarzon
Meu nome é Christian Yarzon , Tenho 19 anos , sou blogueiro, empresário , apresentador e comentarista da WEB TV Imprensa jornalística, estudante de jornalismo e natural do estado de mato grosso do sul. descobri minha paixão pelo futebol brasileiro aos 8 anos de idade desde quando fiz meu primeiro gol em um pequeno campo em minha cidade , aquele dia jamais esquecerei. me interessei por jornalismo aos 13 anos de idade e hoje sou dedicado a minha futura profissão. gosto muito do esporte brasileiro , europeu e argentino, sou fanático pelo São Paulo futebol clube e Bayern de Munique, estou sempre buscando me atualizar sobre o esporte mundial e ficar por dentro de tudo que rola no mundo da bola.

    Artigos Relacionados

    Topo